Notícias

>

Maricá Surf Pro AM: Julia Santos fatura etapa

A santista Julia Santos é campeã pela primeira vez na carreira entre as profissionais, no Maricá Surf Pro AM 2022. Silvana Lima fica em segundo lugar nas ondas de Ponta Negra.

Escrito por

Carlos Matias

|

Publicado em:

29/07/2022

|

Atualizado em:

29/07/2022

-

17:58

|

5 min de leitura

5 min de leitura

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Julia Santos – Foto: divulgação

A santista Julia Santos é campeã pela primeira vez na carreira entre as profissionais, no Maricá Surf Pro AM 2022. Silvana Lima fica em segundo lugar nas ondas de Ponta Negra.

Deu São Paulo na categoria feminina do Maricá Surf Pro AM 2022. Julia Santos, de Santos, duas baterias nesta sexta-feira (29) e faturou o título da etapa válida pela Taça Brasil da CBSurf, e pelo Estadual do Rio. A competição distribuiu R$ 100 mil reais em premiação.

As finais femininas foram realizadas em ondas de quase 1 metro nas maiores séries em Ponta Negra, Região dos Lagos (RJ). A primeira semi foi muito disputada e o resultado final só foi decidido bem perto do fim.

Silvana Lima – Foto: divulgação

Julia Santos arrancou 3.50 e 6.00 pontos e ficou na liderança até perto do final. A saquaremense Taís Almeida, que estava em terceiro lugar, surfou quando restavam pouco mais de um minuto para o fim e acertou uma forte batida de frontside. Com a atuação ela anotou 8.00 pontos e pulou para a primeira posição. Julia ainda teve tempo de surfar e fez duas manobras bem definidas numa esquerda. Ela precisava de 6.84 para reassumir o primeiro lugar e marcou 7.40 para vencer a disputa.

A carioca Julia Duarte, que estava em segundo até sofrer a virada de Taís, terminou na terceira posição na bateria e finalizou sua participação no evento em quinto lugar. A cearense Larissa dos Santos ficou em quarto na disputa e em sétimo no Maricá Surf Pro AM 2022.

Final – A final teve 30 minutos de duração e começou com a cearense Yanca Costa encontrando uma boa onda. Ela fez duas rasgadas, a segunda mais forte, porém errou a terceira manobra, uma batida. Ela recebeu 4.50 pontos pela performance. Aos cinco minutos Julia fez uma batida, um layback e outra pancada numa pequena junção. A nota foi 6.67 pontos.

Tais Almeida – Foto: divulgação

Silvana Lima deu o troco rapidamente. A cearense pegou uma esquerda, fez uma rasgada bem definida, depois executou outra rasgada e ainda bateu na parte menor da onda. Com a atuação ela recebeu 8.50 pontos e assumiu a liderança.

Dez minutos depois Julia marcou outra nota na casa dos seis pontos. A paulista fez uma única manobra de frontside, uma potente batida na junção. Ela necessitava de 2.44 para assumir a primeira posição e fez 6.50. Um minuto depois Silvana tentou retomar a liderança. Ela foi pra direita, fez uma batida e rasgou forte, porém a prancha derrapou e ela caiu. Ela precisava de 4.67 e fez 3.30. Esse erro custou o título para Silvana, que não conseguiu melhorar seu somatório e terminou como vice-campeã. Yanca terminou em terceiro lugar com duas notas na casa dos quatro pontos, e a saquaremense Tais Almeida terminou na quarta posição.

“Na real, estou muito feliz, não tenho nem palavras pra falar agora. Minha primeira vitória como profissional, primeira vez que eu venço um evento. Fui campeã brasileira, mas ainda não tinha conseguido ganhar um evento. Está sendo emocionante, porque pela primeira vez eu viajei sozinha. Eu queria que meus amigos estivessem aqui pra estarem comemorando comigo, mas estou muito feliz e só posso agradecer a Deus por ter sido como foi, e por tudo que tem acontecido na minha vida”, disse uma emocionada Julia logo após sair da água.

Julia Santos – Foto: divulgação

“Essa vitória é pra minha mãe. Ela deve estar amarradona, deve estar assistindo em casa. Também agradeço ao meu treinador. Ele está acompanhando outros atletas em São Paulo. Não posso esquecer também do meu amigo Marquinhos, o Kinho, o Ed… a gente sempre está viajando junto. Dessa vez eles não conseguiram vir, mas tenho certeza que ele estão felizes lá. É isso, quero agradecer a todo meu time, meu patrocinador principal, todo mundo que torce por mim. Estou muito feliz!”, comentou Julia, que também falou da final.

“A Silvana pegou uma onda muito boa de 8.50, mas eu fiquei tranquila pois eu tinha uma nota seis. Eu sabia que precisava de uma nota boa também pra equilibrar o jogo, e as outras meninas precisavam de notas altas. Quando restavam sete minutos eu pensei em marcá-la e foi o que eu fiz, eu joguei o jogo, fiquei ali com ela. Ela precisava de pouco, então eu não tinha muito o que fazer, a não ser marcá-la e deu tudo certo”, finalizou a campeã Julia Santos.

Silvana na semi – A vice-campeã Silvana Lima chegou na final após vencer a segunda semi feminina do Maricá Surf Pro AM 2022. A cearense entrou no ritmo da bateria perto dos dez minutos finais. Silvana marcou 6.93 pontos com duas manobras de backside, depois colocou 4.60 e no final aumentou a distância para as adversárias com mais 5.60.

Julia comemora amarradona – Foto: divulgação

A cearense radicada no Rio, Yanca Costa, começou melhor o duelo, com 5.17 pontos, porém depois sofreu a virada da pernambucana Monik Santos. Yanca foi em busca da classificação quando restavam três minutos para o fim. Ela, que precisava de 3.30, rasgou e bateu de backside numa onda pequena, conquistou 3.53 e pulou pro segundo lugar. Monik terminou em terceiro e a cearense Ariane Gomes terminou na quarta posição.

Estadual Junior – Após as disputas profissionais do Maricá Surf Pro AM 2022, e as vitórias de Julia Santos e Cauã Costa, chegou a vez dos atletas amadores na prova válida pelo Estadual do Rio. A primeira chamada para eles acontece neste sábado (30), às 7h30 (de Brasília), quando, de acordo com as condições do mar, o cronograma será definido. Nenhuma categoria está dispensada da chamada.

Os surfistas amadores serão distribuídos nas categorias Sub-18, Sub-16, Sub-14 e Sub-12 (masculino e feminino). Dez mil reais estão em jogo entre os juniores.

Premiação – A categoria Sub-18 (Masculino e Feminino) terá premiação em dinheiro, e as demais terão pranchas Oceanside, blocos e acessórios (deck, leash, capa etc).

Campeão: R$ 2.500,00 + Prancha Oceanside
Vice-campeão: R$ 1.250,00
3º: R$ 750,00
4º: R$ 500,00

Almoço gratuito – Todos os atletas inscritos no evento têm direito a almoço gratuito na tenda de alimentação, uma cortesia da Prefeitura de Maricá durante o Maricá Surf Pro AM 2022.

Festival – De 28 a 31 de julho será realizado em Ponta Negra, integrado ao Maricá Surf Pro AM 2022, o ART&BIER – Festival da Cerveja Artesanal. O evento reunirá gastronomia, shows (bandas de rock) e diversão no mesmo local, sendo um atrativo a mais para os participantes da etapa.

Maricá Surf Pro AM 2022

Final Feminina

Campeã Julia Santos (SP) 13.17 – 7.000 pontos e R$ 12.000,00

Vice-campeã Silvana Lima (CE) 11.80 – 5.600 e R$ 7.000,00

3ª Yanca Costa (RJ) 8.87 – 4.550 pontos e R$ 5.000,00

4ª Tais Almeida (RJ) 6.87 – 4.200 pontos e R$ 4.000

 

 

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp




Deixar um comentário

Você vai se interessar também

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho disputará a última vaga para as semifinais com o australiano Ryan Callinan.

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

Regional

Associação de Surf de Saquarema adia etapa por causa da ressaca

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

Leia mais »
Amador

Lanay Thompson fatura duas categorias no Estadual do Rio

Nascida em uma família de surfistas, a jovem surfista do Recreio dos Bandeirantes Lanay Thompson, de 12 anos, segue sua vocação: ser surfista competidora. A equipe formada pelo seu pai, Dionísio Santos e sua mãe, Mainá Thompson, bicampeã brasileira de longboard, segue colhendo bons resultados em diversos eventos.

Leia mais »
Maricá Surf Pro AM

Maricá Surf Pro AM 2022: Cauã excelente

A quarta-feira (27) teve muita ação em Ponta Negra, no Maricá Surf Pro AM 2022, etapa válida pela Taça Brasil da CBSurf e pelo Estadual do Rio. A segunda e a terceira fases masculinas foram realizadas e o grande nome do dia foi Cauã Costa.

Leia mais »
Regional

Associação de Surf de Saquarema adia etapa por causa da ressaca

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

Leia mais »
Amador

Lanay Thompson fatura duas categorias no Estadual do Rio

Nascida em uma família de surfistas, a jovem surfista do Recreio dos Bandeirantes Lanay Thompson, de 12 anos, segue sua vocação: ser surfista competidora. A equipe formada pelo seu pai, Dionísio Santos e sua mãe, Mainá Thompson, bicampeã brasileira de longboard, segue colhendo bons resultados em diversos eventos.

Leia mais »

Últimas notícias

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho disputará a última vaga para as semifinais com o australiano Ryan Callinan.

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Agende sua aula