Notícias

>

Artigo: impressões sobre o Oi Rio Pro 2022, por Gerson Filho

Todo esporte tem suas paixões e apaixonados. Talvez essa máxima não se aplique seja uma unanimidade, mas escrevo ainda sob efeito de uma, digamos assim, imersão na etapa brasileira do CT, finalizada terça-feira, 28 de junho, em Saquarema.

Escrito por

Gerson Filho

|

Publicado em:

29/06/2022

|

Atualizado em:

29/06/2022

-

16:50

|

4 min de leitura

4 min de leitura

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 

Filipe Toledo venceu pela terceira vez o Oi Rio Pro – Foto: Jorge Porto

Todo esporte tem suas paixões e apaixonados. Talvez essa máxima não se aplique seja uma unanimidade, mas escrevo ainda sob efeito de uma, digamos assim, imersão na etapa brasileira do CT, finalizada terça-feira, 28 de junho, em Saquarema. A vitória de Filipe Toledo e o fato de todos os quatro finalistas serem brasileiros, teve um valor a mais em meio a tantas polêmicas envolvendo julgamento, WSL, etc. Mas estamos aqui para falar de um esporte que envolve torcida, multidões, discussões e por mais piegas que lhe pareça, paixão.

Samuel Pupo, considerado o caçula da geração Brazilian Storm, fez sua primeira final – Foto: Jorge Porto

Sempre me questiono sobre a disposição dos aficionados por futebol empreendem quando viajam, muitas das vezes de ônibus, para lugares em países em que normalmente não iriam para tirar suas férias, mas que quando seu time de coração disputa uma partida, a história é outra: partem em busões fretados, amontoados, dormem em condições difíceis. Lembro de ver alguns argentinos no Recreio, durante a Copa, tomando café em um posto na rua Glaucio Gil, a bordo de uma D-20 ( picape da Chevrolett) que devia ter no mínimo uns trinta anos. E os caras vieram de Buenos Aires.

Carissa Moore, um surfe incrível com muito estilo venceu com altas ondas em Saquarema – Foto: Jorge Porto

Futebol e times à parte, o surfe é um esporte individual, mas no caso do Circuito Mundial, podemos dizer que temos uma “equipe” o disputando, e você pode até ter o seu preferido, mas a torcida é sempre para que o Brasil se saia bem e de preferência um dos nossos vença o evento. E Saquarema foi uma demonstração do power surfe brazuca, não só dentro da água, mas nos olhares, energia, e toda a disposição, e porque não educação, mostrada pela torcida brasileira, que mesmo com a praia lotada, soube se manifestar de maneira educada, sem deixar de ser incisiva.

A galera prestigiou o evento – Foto: Jorge Porto

Estive desde o início do evento até as finais em Saquarema e por mais que seja clichê, a energia estava muito boa. Foi bom ver que o surfe finalmente faz realmente parte do calendário da cidade tendo o destaque que merecer. Foi ótimo ver que, mal o CT acabou, já havia uma outra competição homologada pela CBS que começa no próximo dia 4 de julho, sendo preparada na Praia da Vila.

Filipe esteve “On Fire” durante todo evento – Foto: Luciano Cabal

Saquarema virou realmente a capital do surfe, e perceber como isso reverbera na comunidade local através da geração de empregos e, porquê não, na inspiração de novas gerações de campeões, que seguem o legado de Jeremias Mica da Silva, Raoni Monteiro, Daniel Templar, Marcos Monteiro, Leo Neves, João e Lucas Chumbo, entre outros, foi muito gratificante.Foi ótimo encontrar colegas de profissão empenhados em fazer a melhor cobertura possível, enviando informações e prestando um ótimo serviço ao surfe, muitos pelo mero prazer de registrar o esporte.

Fotógrafos, cinegrafistas, repórteres, colunistas, analistas, curiosos, estudantes de jornalismo, instagrammers, comentaristas ( amadores e profissionais), técnicos, atletas, todos ali tinham propriedade para falar sobre surfe da sua maneira, do seu jeito.

A estrutura para o CT em Saquarema – Foto: Jorge Porto

Agradecimentos especiais ao fotógrafo Luciano Cabal, incansável na cobertura dos melhores ângulos, das melhores fotos e por seu amor ao surfe, independente das dificuldades . Agradeço também ao Jorge Porto “Sanguelo” de Arraial do Cabo, que fortaleceu. Outro que chegou junto pela vibe nosso Ellan.

Na água o que eu vi foi Filipe Toledo surfando dois degraus acima de todos desde a primeira até a final. Depois dele Yago e Jack Robinson, seguido por Miguel Pupo e Ítalo, nessa ordem. Entre as meninas, Carissa Moore mostrou, mais uma vez, que se disputasse o CT masculino, iria dar dura em muito competidor, principalmente os que não dão aéreos. Johanne Defay é uma guerreira e não se surpreenda se ela for campeã mundial antes de outras consideradas mais talentosas. Tati ainda precisa melhorar seu front side e tática de competição.

 

No mais, o melhor protesto foi termos quatro surfistas na semifinal!!

...

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp




Deixar um comentário

Você vai se interessar também

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho disputará a última vaga para as semifinais com o australiano Ryan Callinan.

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

CT

Tahiti Pro postergado nesta quinta 11 de agosto

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Leia mais »
CT

Tahiti Pro: janela vai de 11 a 21 de agosto

Os melhores surfistas do mundo já estão se preparando para o penúltimo evento do World Surf League (WSL) Championship Tour, o Outerknown Tahiti Pro, nos temidos tubos de Teahupo´o. Conhecido no mundo do surfe como “The End of the Road”, em Teahupo´o será definido os 5 homens e as 5 mulheres que vão disputar os títulos mundiais da temporada no Rip Curl WSL Finals, nas ondas de Lower Trestles, na Califórnia.

Leia mais »
CT

Tatiana Weston-Webb é a campeã do Corona Open J-Bay na África do Sul

A brasileira Tatiana Weston-Webb fez história com o título do Corona Open J-Bay conquistado nas ondas excelentes da sexta-feira na África do Sul. Com a vitória sobre a bicampeã mundial Tyler Wright batendo recorde de pontos na grande final, subiu da sexta para a terceira posição no ranking do World Surf League (WSL) Championship Tour 2022.

Leia mais »
CT

Open J-Bay: Brasil começa com três vitórias

As previsões se confirmaram e Jeffreys Bay amanheceu com boas ondas na quarta-feira, para dar a largada no Corona Open J-Bay na África do Sul. Dos oito surfistas da “seleção brasileira”, três estrearam com vitórias nas longas direitas de Supertubes. Samuel Pupo e Yago Dora passaram direto para as oitavas de final e Tatiana Weston-Webb já está nas quartas de final.

Leia mais »
CT

Open J-Bay: baterias na água

As primeiras baterias da nona etapa do CT 2022, Open J-Bay, entraram na água nesta quarta-feira, 13 de julho, em J-Bay, com ondas em torno de 1m, séries maiores.

Leia mais »
CT

Tahiti Pro postergado nesta quinta 11 de agosto

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Leia mais »
CT

Tahiti Pro: janela vai de 11 a 21 de agosto

Os melhores surfistas do mundo já estão se preparando para o penúltimo evento do World Surf League (WSL) Championship Tour, o Outerknown Tahiti Pro, nos temidos tubos de Teahupo´o. Conhecido no mundo do surfe como “The End of the Road”, em Teahupo´o será definido os 5 homens e as 5 mulheres que vão disputar os títulos mundiais da temporada no Rip Curl WSL Finals, nas ondas de Lower Trestles, na Califórnia.

Leia mais »

Últimas notícias

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho disputará a última vaga para as semifinais com o australiano Ryan Callinan.

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Agende sua aula