Notícias

>

Artigo: os Maracanãs do Rio

O Oi Rio Pro 2022 entrou para a história do surfe mundial como a maior estrutura já montada em um campeonato de Surf homologado pela WSL. Confira o artigo escrito por Breno Sivak sobre a festa que o campeonato, realizado em Itaúna, Saquarema se tornou. Os vencedores foram Filipe Toledo

Escrito por

Breno Sivak

|

Publicado em:

04/07/2022

|

Atualizado em:

04/07/2022

-

15:37

|

4 min de leitura

4 min de leitura

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 

O público prestigiou o evento – Foto: Cabal

Quem não é da “tribo das ondas” não sabe que existe um segundo “estadio Maracanã” no Rio. O “Maracanã do surf” fica em Saquarema e não cobra ingresso, porque é aberto e ao ar livre! Em plenas segunda e terça feiras de junho, este teve lotação máxima. O tamanho da estrutura foi a maior ja vista em eventos de Surf aqui, e acolá também! As semelhanças maracanescas se dão, a começar, pela energia dos milhares de expectadores apinhados nos palanques e na areia que geraram, a cada onda de um Brasileiro na disputa pela nossa etapa do mundial, um som ensurdecedor. É uma energia contagiante para os da água, competindo e para os da areia, assistindo.

Ítalo Ferreira ovacionado pela torcida – Foto: Cabal

Ninguém conseguiu não se afetar e deixar de participar. Foi uma cartase! Inexplicável! Emocionante! Mesmo com para uma gringa, como aconteceu hoje com a campeoníssima Carissa Moore. A havaiana confesssou, extasiada, que foi o título mais emocionante dentre os tantos que ela já têm. A quatro vezes campeã mundial, quando recebeu o resultado, subiu no jet sky e o transformou numa carruagem. Tal qual uma rainha, pediu ao piloto para ir no final do público e voltou devagar, pela beira d’agua, com a praia inteira, lotada, de pé, lhe ovacionando. Lágrimas lhe escorreram. Ao chegar em frente ao pódio se jogou na água para abraçar sua adversária francesa ( Johanne Defay), mostrando fair play.

Carissa Moore focada nas baterias, mas amarradona com o público – Foto: Cabal

Tudo terminado, deixou sua casa de frente para a praia ignorou todos os restauranters e atravessou a rua para comer um PF num buteco local. Sozinha! É o auge de um ídolo, se abraçar aos fãs.Estava literalmente inoculada pelo feeling da torcida no estadio aberto sem medo de ser feliz e, em epifanía, se misturou ao povo…seu povo, ali… Mas foi no masculino que o maracanã do surf explodiu. Uma inédita semifinal exclusivamente Brasileira que nunca dantes havia acontecido, em disputa entre países, em nenhum esporte na história…O dominio Brasileiro no surf atualmente é tão contundente que somos chamados de tempestade Brasileira ou Brazilian storm.

Carissa cumprimenta a torcida brazuca – Foto: Smorigo

O tri em Saquarema, e tetra em etapas brasileiros do CT do atual líder do ranking, o paulistano “Rei do Rio” Felipe Toledo, foi uma festa aberta e para ele! Por causa de sua sequência de vitórias em Saquá, a prefeitura já providencia uma cerimônia para torná-lo “cidadão honorário”. Ele é nosso terceiro mosqueteiro, excepcional como os outros dois, Gabriel e Ítalo, mas que, por enquanto, nunca foi campeão mundial e nem olímpico. E esta vitória aconteceu com uma (hoje raríssima) nota dez na final, o que fez a plateia delirar dentre urros e aplausos ao ídolo! Aliás, foi impressionante a porcentagem de pessoas na areia que, além dos gritos, batiam palmas a cada manobra dos brazucas semifinalistas! A sensação era de totalidade, e sabemos que jovens não tem costume de bater palmas…que energia…

Um senhor do tipo super careta, de sapatos e camisa social, murmurou: ‘Carai só tinha visto uma coisa desta magnitude em jogo do flamengo no Maracanã! Em dias de clássico’. Ambos maracanãs tem energia inexplicável que gera uma simbiose coletiva e somente os que se permitem se misturar nas “arquibancadas” podem sentir este prazer que estremece seu corpo – por dentro e por fora.E todos que participaram ali repetiram um dos mantras possíveis:- Foi alucinante! ou – Foi emocionante!

Os vencedores da etapa – Foto: Thiago Diz

Ou seja. Mais uma vez o Maracanã do Surf ratificou seu nome, teve o maior publico dentre as etapas do ano pelo mundo e, mesmo sem as ondas em sua melhor perfeição, teve muitas notas no critério exelente e duas notas 10.Ficou, o Oi Rio Pro, em Saquarema, mais uma vez, para sempre, na memória daqueles que presenciaram o inesquecível espetáculo!
Aloha!

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp




Deixar um comentário

Você vai se interessar também

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho disputará a última vaga para as semifinais com o australiano Ryan Callinan.

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

CT

Tahiti Pro postergado nesta quinta 11 de agosto

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Leia mais »
CT

Tahiti Pro: janela vai de 11 a 21 de agosto

Os melhores surfistas do mundo já estão se preparando para o penúltimo evento do World Surf League (WSL) Championship Tour, o Outerknown Tahiti Pro, nos temidos tubos de Teahupo´o. Conhecido no mundo do surfe como “The End of the Road”, em Teahupo´o será definido os 5 homens e as 5 mulheres que vão disputar os títulos mundiais da temporada no Rip Curl WSL Finals, nas ondas de Lower Trestles, na Califórnia.

Leia mais »
CT

Tatiana Weston-Webb é a campeã do Corona Open J-Bay na África do Sul

A brasileira Tatiana Weston-Webb fez história com o título do Corona Open J-Bay conquistado nas ondas excelentes da sexta-feira na África do Sul. Com a vitória sobre a bicampeã mundial Tyler Wright batendo recorde de pontos na grande final, subiu da sexta para a terceira posição no ranking do World Surf League (WSL) Championship Tour 2022.

Leia mais »
CT

Open J-Bay: Brasil começa com três vitórias

As previsões se confirmaram e Jeffreys Bay amanheceu com boas ondas na quarta-feira, para dar a largada no Corona Open J-Bay na África do Sul. Dos oito surfistas da “seleção brasileira”, três estrearam com vitórias nas longas direitas de Supertubes. Samuel Pupo e Yago Dora passaram direto para as oitavas de final e Tatiana Weston-Webb já está nas quartas de final.

Leia mais »
CT

Open J-Bay: baterias na água

As primeiras baterias da nona etapa do CT 2022, Open J-Bay, entraram na água nesta quarta-feira, 13 de julho, em J-Bay, com ondas em torno de 1m, séries maiores.

Leia mais »
CT

Tahiti Pro postergado nesta quinta 11 de agosto

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Leia mais »
CT

Tahiti Pro: janela vai de 11 a 21 de agosto

Os melhores surfistas do mundo já estão se preparando para o penúltimo evento do World Surf League (WSL) Championship Tour, o Outerknown Tahiti Pro, nos temidos tubos de Teahupo´o. Conhecido no mundo do surfe como “The End of the Road”, em Teahupo´o será definido os 5 homens e as 5 mulheres que vão disputar os títulos mundiais da temporada no Rip Curl WSL Finals, nas ondas de Lower Trestles, na Califórnia.

Leia mais »

Últimas notícias

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho disputará a última vaga para as semifinais com o australiano Ryan Callinan.

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Agende sua aula