Notícias

>

Na piscina: QS na Praia da Grama

A World Surf League (WSL) Latin America promoveu mais um dia histórico para o surfe brasileiro e sul-americano na segunda-feira (30).

Escrito por

João Carvalho

|

Publicado em:

31/10/2023

|

Atualizado em:

31/10/2023

-

00:08

|

7 min de leitura

7 min de leitura

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Ivan Martinho e João Amorim à direita na mesa da coletiva de imprensa. Ao centro Tainá Hinckel e Ian Gouveia – Foto: Daniel Smorigo.

Cerca de 100 convidados e 72 surfistas, estavam todos irradiando felicidade e prazer em estar vivenciando de alguma forma, do primeiro campeonato de surfe numa piscina de ondas na América Latina, a etapa final do Circuito Banco do Brasil de Surfe 2023 na Praia da Grama, em Itupeva, cidade do interior de São Paulo localizada cerca de 120 Km do litoral. A segunda-feira foi um dia de treinos livres para os atletas conhecerem melhor o funcionamento da máquina com tecnologia Wavegarden e a tarde ficou reservada para os convidados também surfarem as ondas perfeitas da piscina.

Nesta terça-feira, começa a competição que vai definir o campeão e a campeã das cinco etapas do Circuito Banco do Brasil de Surfe de 2023. As baterias serão iniciadas as 8h00, com transmissão ao vivo da Praia da Grama pelo WorldSurfLeague.com e perfil da @WSLBrasil no TikTok. O campeonato também vale como nona etapa da temporada 2023/2024 da WSL South America, marcando 1.000 pontos nos rankings que classificarão 7 homens e 3 mulheres para o Challenger Series do ano que vem, o circuito de acesso para a elite do World Surf League (WSL) Championship Tour (CT).

 

Tainá Hinckel – Foto: Smorigo.

Na segunda-feira, os líderes dos rankings do Circuito Banco do Brasil de Surfe 2023, que também estão na frente na corrida pelos títulos sul-americanos de 2023/2024 da WSL South America, estiveram atendendo aos jornalistas na Coletiva de Imprensa realizada no início da tarde na Praia da Grama. Junto com o pernambucano Ian Gouveia e a catarinense Tainá Hinckel, também estavam na mesa da coletiva o presidente da Praia da Grama, João Amorim, e o presidente da World Surf League na América Latina, Ivan Martinho, que deu as boas-vindas a todos os presentes.

“Para nós, é um sonho estar aqui fazendo esse evento”, destacou Ivan Martinho.

“A WSL tem uma tecnologia própria, que é o Surf Ranch na Califórnia, mas bastante tempo atrás, a gente começou a discutir sobre a hipótese de levar nossos eventos também para outras tecnologias, como a Wavegarden aqui. No ano passado, tivemos um QS 1000 também na Austrália e esse agora é o primeiro na América Latina, especialmente aqui no Brasil. Tem muitos pontos especiais, primeiro que a gente vai decidir o campeão e a campeã do Circuito Banco do Brasil e o Ian (Gouveia) e a Tainá (Hinckel) estão liderando os rankings das quatro etapas. Essa é a quinta do ano de 2023 e o Banco do Brasil tem sido um parceiro espetacular, não só no sentido de nos apoiar nas principais etapas da elite do surfe mundial, como no Vivo Rio Pro, no Corona Saquarema Pro, mas especialmente com esse circuito que tem a intenção de viajar pelo Brasil inteiro e revelar novos talentos. Para nós, é uma honra de verdade, uma alegria, de podermos oferecer isso pro nosso fã, nossos atletas, que vão contar um pouco pra vocês da diferença de competir aqui, ou nas ondas do mar, que estão mais acostumados, então estamos muito ansiosos do que vem por aí nos próximos dois dias”, completou Martinho.

Gabriel Klaussner treinando na manhã da segunda-feira na Praia da Grama – Foto: Daniel Smorigo.

O presidente da Praia da Grama, João Amorim, também demonstrou muita satisfação em estar sediando o primeiro QS na América Latina: “Para a gente, é muito importante concretizar o sonho que nasceu em 2018, com uma praia exuberante, artificial, mas com areia de verdade, coqueiro de verdade, o coco é de verdade, hoje sediando um evento dessa magnitude. E ser associado a uma liga da marca mais forte do esporte, é um orgulho para nós. A gente está costurando isso já fazem uns 2 anos e é uma satisfação enorme para nós, da família da Fazenda da Grama, para todos nossos associados e para o esporte também. É um sonho realizado e obrigado a WSL pela parceria”.

Entre os dois atletas que atenderam aos jornalistas na coletiva de imprensa oficial do Circuito Banco do Brasil de Surfe, Tainá Hinckel ainda não conhecia a Praia da Grama e teve a primeira oportunidade de surfar numa piscina de ondas, nos treinos livres da manhã da segunda-feira. Já Ian Gouveia foi um dos surfistas convidados para testar o funcionamento da máquina Wavegarden, quando ela foi instalada cerca de 5 anos atrás. Tainá e Ian começaram o Circuito Banco do Brasil de Surfe 2023 com vitórias em Saquarema (RJ) e chegam na Praia da Grama liderando os rankings das quatro etapas, disputadas também em Garopaba (SC), Salvador (BA) e São Sebastião (SP).

 

A máquina da Wavegarden bombando direitas perfeitas na Praia da Grama –  Foto: Daniel Smorigo.

“Estou muito feliz por estar aqui na Fazenda da Grama, um lugar certamente muito especial”, disse Tainá Hinckel, “É a minha primeira vez aqui e eu já me diverti muito surfando essa onda hoje de manhã. Estou muito feliz em estar fazendo parte desse circuito, que foi incrível durante todo o ano e com essa surpresa na última etapa, o primeiro campeonato numa piscina de ondas. As expectativas são as melhores e quero agradecer muito ao Banco do Brasil por todo esse apoio ao surfe na América do Sul, por estar ajudando todos nós com essas etapas para poder chegar no Challenger Series. Eu me sinto muito honrada e feliz por estar fazendo parte disso tudo”.

FORMATO DA COMPETIÇÃO – Um novo formato de competição foi preparado pela WSL Latin America para o Circuito Banco do Brasil de Surfe na Praia da Grama. Para realizar o evento em apenas dois dias, o número de participantes foi limitado para 48 homens e 24 mulheres. No primeiro evento da história do QS numa piscina de ondas na América Latina, os competidores foram divididos em duas rodadas de baterias formadas por quatro surfistas. Todos terão direito a surfar até 4 ondas, sendo computadas as 2 maiores notas recebidas. Quem ficar na primeira e segunda colocações, avança para a próxima fase. A partir das quartas de final, cada surfista terá direito a pegar 5 ondas, enquanto nas semifinais e nas finais serão 3 ondas de cada lado da piscina.

“Remando Juntos para o Futuro” é o lema do Circuito Banco do Brasil de Surfe 2023, uma realização da WSL Latin America com patrocínio do Banco do Brasil. A competição será transmitida ao vivo da Praia da Grama pelo perfil da @WSLBrasil no TikTok e pelo WorldSurfLeague.com e Aplicativo da WSL.

BATERIAS DO CIRCUITO BANCO DO BRASIL DE SURFE:

PRIMEIRA FASE – 3.o=33.o lugar (66 pts) e 4.o=41.o lugar (63 pts):
1.a: Anderson da Silva (BRA), Cauet Frazão (BRA), Fabricio Rocha (BRA), Nazareno Pereyra (ARG)
2.a: Peterson Crisanto (BRA), Alonso Correa (PER), Luan Hanada (BRA), Rickson Falcão (BRA)
3.a: Kaue Germano (BRA), Lukas Camargo (BRA), Samuel Joquinha (BRA), Uriel Sposaro (BRA)
4.a: José Francisco (BRA), Vitor Ferreira (BRA), Leo Casal (BRA), Philippe Neves (BRA)
5.a: Renan Pulga (BRA), Marco Giorgi (URU), Diego Aguiar (BRA), Adriano de Souza (BRA)
6.a: Lucas Silveira (BRA), Wesley Leite (BRA), Eric Bahia (BRA), Santiago Muniz (ARG)
7.a: Caio Costa (BRA), Alex Ribeiro (BRA), Fernando Junior (BRA), Daniel Templar (BRA)
8.a: Ryan Kainalo (BRA), Patrick Plachi (BRA), Gustavo Henrique (BRA), Cauã Gonçalves (BRA)

SEGUNDA FASE – entrada dos 16 cabeças de chave:
———–3.o=17.o lugar (200 pts) e 4.o=25.o lugar (150 pts)
1.a: Miguel Pupo (BRA), Valentin Neves (BRA), 1.o da 1.a bateria da 1.a fase e 2.o da 2.a
2.a: Luel Felipe (BRA), Gabriel Klaussner (BRA), 1.o da 2.a e 2.o da 1.a
3.a: Cauã Costa (BRA), Lucas Vicente (BRA), 1.o da 3.a e 2.o da 4.a
4.a: Nacho Gundesen (ARG), Edgard Groggia (BRA), 1.o da 4.a e 2.o da 3.a
5.a: Deivid Silva (BRA), Caio Okamoto (BRA), 1.o da 5.a e 2.o da 6.a
6.a: Rafael Teixeira (BRA), Rodrigo Saldanha (BRA), 1.o da 6.a e 2.o da 5.a
7.a: Heitor Mueller (BRA), Mateus Sena (BRA), 1.o da 7.a e 2.o da 8.a
8.a: Ian Gouveia (BRA), Daniel Adisaka (BRA), 1.o da 8.a e 2.o da 7.a

PRIMEIRA FASE – 3.a=17.o lugar (200 pts) e 4.a=21.o lugar (174 pts):
1.a: Alexia Monteiro (BRA), Luara Mandelli (BRA), Julia Duarte (BRA), Potira Castaman (BRA)
2.a: Yanca Costa (BRA), Sol Carrion (BRA), Yasmin Dias (BRA), Sophia Gonçalves (BRA)
3.a: Juliana dos Santos (BRA), Kemily Sampaio (BRA), Yasmin Neves (BRA), Mariana Areno (BRA)
4.a: Kiany Hyakutake (BRA), Brianna Barthelmess (PER), Maya Carpinelli (BRA), Bruna Carderelli (BRA)

SEGUNDA FASE – entrada das 8 cabeças de chave – 1.a e 2.a=Quartas de Final:
1.a: Tainá Hinckel (BRA), Karol Ribeiro (BRA), 1.a da 1.a da 1.a fase e 2.a da 2.a
2.a: Isabelle Nalu (BRA), Vera Jarisz (ARG), 2.a da 1.a e 1.a da 2.a
3.a: Laura Raupp (BRA), Kalea Gervasi (PER), 1.a da 3.a e 2.a da 4.a
4.a: Sophia Medina (BRA), Naire Marquez (BRA), 2.a da 3.a e 1.a da 4.a

RANKINGS DO CIRCUITO BANCO DO BRASIL DE SURFE:

TOP-5 DA CATEGORIA FEMININA – 4 etapas:
1.a: Tainá Hinckel (SC) – 2.500 pontos
2.a: Laura Raupp (SC) – 2.500
3.a: Vera Jarisz (ARG) – 1.945
4.a: Sophia Medina (SP) – 1.650
5.a: Juliana dos Santos (CE) – 1.550

TOP-5 DA CATEGORIA MASCULINA – 4 etapas:
1.o: Ian Gouveia (PE) – 2.066 pontos
2.o: Gabriel Klaussner (SP) – 1.716
3.o: Cauã Costa (CE) – 1.700
4.o: Rodrigo Saldanha (SP) – 1.661
5.o: Heitor Mueller (SC) – 1.595

RANKINGS SUL-AMERICANOS DA WSL SOUTH AMERICA:

TOP-10 DA CATEGORIA MASCULINA – 8 etapas:
1.o: Ian Gouveia (BRA) – 6.200 pontos
2.o: Mateus Herdy (BRA) – 6.182
3.o: Cauã Costa (BRA) – 5.405
4.o: Heitor Mueller (BRA) – 4.671
5.o: Rafael Teixeira (BRA) – 4.468
6.o: Luel Felipe (BRA) – 4.100
7.o: Gabriel Klaussner (BRA) – 3.775
8.o: Rodrigo Saldanha (BRA) – 3.590
9.o: Mateus Sena (BRA) – 3.412
10.o: Lucas Vicente (BRA) – 3.308

TOP-10 DA CATEGORIA FEMININA – 8 etapas:
1.a: Tainá Hinckel (BRA) – 8.475 pontos
2.a: Sophia Medina (BRA) – 6.645
3.a: Laura Raupp (BRA) – 6.265
4.a: Isabelle Nalu (BRA) – 5.337
5.a: Vera Jarisz (ARG) – 5.172
6.a: Arena Rodriguez Vargas (PER) – 4.723
7.a: Melanie Giunta (PER) – 4.140
8.a: Kalea Gervasi (PER) – 3.871
9.a: Naire Marquez (BRA) – 3.728
10.a: Karol Ribeiro (BRA) – 3.480

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp




Deixar um comentário

Você vai se interessar também

Após recorde de duração, com dez dias na cidade carioca, segunda etapa anual do festival chegou ao fim com atrações de esporte, sustentabilidade e entretenimento

Show do cantor carioca acontece durante o Aloha Spirit Festival, um dos maiores eventos de esportes aquáticos do mundo

Um grupo de amigos do Rio de Janeiro se reuniram para uma viagem para Indonésia, onde eles apelidaram a viagem como Fonte da Juventude 2024.

Atletas de treze estados estarão na praia da Caueira para o CBSurf Master Tour 2024 realizado pela Confederação Brasileira de Surf e Federação Sergipana. Tragédia no Rio Grande do Sul motiva mudança do calendário de 2024 com a inclusão de uma etapa com premiação de 100 mil reais

Felipe Cesarano, conhecido como "Gordo", registrou uma onda de mais de 7 metros, possivelmente superando o recorde anterior. Até então, a maior onda surfada no Brasil também havia sido em Itacoatiara, em 2022, com aproximadamente 6 a 7 metros, pelo surfista Gabriel Sampaio.

Jadson participa pela primeira vez da competição, enquanto Sophia venceu a etapa de Florianópolis do Circuito em 2023

Hele Fitness será a responsável pelos equipamentos da academia do primeiro clube com piscina de surf coberta e aquecida do mundo

Confira artigo escrito por Rico de Souza no qual ele fala sobre sua última viagem ao Havaí.

Considerada o principal polo de esportes aquáticos do país, cidade recebe em maio festival que une esporte, lazer e entretenimento. Ao longo dos últimos anos, o município de Saquarema tem se consolidado como principal polo dos esportes aquáticos no Brasil e na América Latina.

artigo do tricampeão mundial de longboard, Phil Rajzman, que destaca um surfista prodígio de Búzios, Ben Almeida, 11 anos, que venceu no último fim de semana, a Trípice Coroa de Saquarema, na sub-12.

A praia da Caueira, em Itaporanga D'ajuda, recebe a segunda etapa do circuito dos ídolos do surfe nacional com recorde de inscritos.

Embora já tenha patrocinado outro evento da World Surf League no Havaí, a parceria é inédita no Brasil; A linha do atleta será a responsável pelos uniformes do staff para a etapa do VIVO Rio Pro apresentado por Corona, em Saquarema

Cantor carioca fará apresentação gratuita na cidade de Saquarema durante o Aloha Spirit Festival

Região Sudeste e Nordeste tem praticamente o mesmo número de participantes em 2024

A jovem canadense de apenas 16 anos, Erin Brooks, e o australiano Mikey McDonagh de 22, foram os campeões do Bonsoy Gold

Vai começar o Circuito Fico Kids and Kings ASJ 2024 - Apresentado pela Powerlight Surfboards e Magic - neste próximo final de semana (4 e 5 de maio) na praia da Joaquina. A competição abrirá a temporada de competições deste ano da Associação de Surf da Joaquina.

Últimas notícias

Após recorde de duração, com dez dias na cidade carioca, segunda etapa anual do festival chegou ao fim com atrações de esporte, sustentabilidade e entretenimento

Show do cantor carioca acontece durante o Aloha Spirit Festival, um dos maiores eventos de esportes aquáticos do mundo

Um grupo de amigos do Rio de Janeiro se reuniram para uma viagem para Indonésia, onde eles apelidaram a viagem como Fonte da Juventude 2024.

Atletas de treze estados estarão na praia da Caueira para o CBSurf Master Tour 2024 realizado pela Confederação Brasileira de Surf e Federação Sergipana. Tragédia no Rio Grande do Sul motiva mudança do calendário de 2024 com a inclusão de uma etapa com premiação de 100 mil reais

Felipe Cesarano, conhecido como "Gordo", registrou uma onda de mais de 7 metros, possivelmente superando o recorde anterior. Até então, a maior onda surfada no Brasil também havia sido em Itacoatiara, em 2022, com aproximadamente 6 a 7 metros, pelo surfista Gabriel Sampaio.

Jadson participa pela primeira vez da competição, enquanto Sophia venceu a etapa de Florianópolis do Circuito em 2023

Hele Fitness será a responsável pelos equipamentos da academia do primeiro clube com piscina de surf coberta e aquecida do mundo

Confira artigo escrito por Rico de Souza no qual ele fala sobre sua última viagem ao Havaí.

Considerada o principal polo de esportes aquáticos do país, cidade recebe em maio festival que une esporte, lazer e entretenimento. Ao longo dos últimos anos, o município de Saquarema tem se consolidado como principal polo dos esportes aquáticos no Brasil e na América Latina.

artigo do tricampeão mundial de longboard, Phil Rajzman, que destaca um surfista prodígio de Búzios, Ben Almeida, 11 anos, que venceu no último fim de semana, a Trípice Coroa de Saquarema, na sub-12.

A praia da Caueira, em Itaporanga D'ajuda, recebe a segunda etapa do circuito dos ídolos do surfe nacional com recorde de inscritos.

Embora já tenha patrocinado outro evento da World Surf League no Havaí, a parceria é inédita no Brasil; A linha do atleta será a responsável pelos uniformes do staff para a etapa do VIVO Rio Pro apresentado por Corona, em Saquarema

Cantor carioca fará apresentação gratuita na cidade de Saquarema durante o Aloha Spirit Festival

Região Sudeste e Nordeste tem praticamente o mesmo número de participantes em 2024

A jovem canadense de apenas 16 anos, Erin Brooks, e o australiano Mikey McDonagh de

Vai começar o Circuito Fico Kids and Kings ASJ 2024 - Apresentado pela Powerlight Surfboards e Magic - neste próximo final de semana (4 e 5 de maio) na praia da Joaquina. A competição abrirá a temporada de competições deste ano da Associação de Surf da Joaquina.

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Agende sua aula