Notícias

>

Surfe adaptado: Thiago Lima busca patrocínio para competir mundial

No caso de, Thiago Lima, 33 anos, a descoberta do surfe veio a partir de uma tragédia vivida em um infeliz acaso da vida. À época, ano de 2015, Thiago foi surpreendido por uma ação de bandidos que alvejavam uma pessoa que  estava próxima ao bar em que ele e

Escrito por

Gerson Filho

|

Publicado em:

05/07/2022

|

Atualizado em:

05/07/2022

-

16:14

|

3 min de leitura

3 min de leitura

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 

Thiago Lima conheceu o surfe após um acidente – Foto: arquivo pessoal

O esporte transforma vidas. Apesar de clichê, essa máxima é aplicável em vários casos relacionados à modalidades esportivas. No surfe há casos extremos como da havaiana Bethany Hamilton, que perdeu um de seus braços ao ser atacada por um tubarão. Ou mesmo de Alcino Pirata, surfista conhecido mundo afora por conta da técnica que desenvolveu para pegar altos tubos. Ou mesmo o nosso campeão mundial de surfe adaptado, Davizinho Radical.

Thiago treina diariamente na Praia da Macumba – Foto: arquivo pessoal

No caso de, Thiago Lima, 33 anos, a descoberta do surfe veio a partir de uma tragédia vivida em um infeliz acaso da vida. À época, ano de 2015, Thiago foi surpreendido por uma ação de bandidos que alvejavam uma pessoa que  estava próxima ao bar em que ele e seus amigos conversavam, no bairro de Cosmos, Zona Oeste Carioca. Ele foi atingido por armas de grosso calibre, e chegou a correr risco de morte. Após o incidente, Thiago se recuperou e começou a pensar no surfe como um esporte, mesmo sem incentivo de ninguém e morando em,  Campo Grande, bairro da Zona Oeste do Rio, que fica a cerca de 20 km  da praia.

Pena e Thiago – Foto: Lima Jr

“Ninguém me incentivou ou falou pra eu começar a surfar. Coloquei na cabeça e fui surfar. Lembro que um cara ainda falou que eu não iria conseguir. Aí meti a cara e fui aprendendo”. diz ele que atualmente surfa praticamente todos os dias. Agora Thiago, que tem limitações em uma das pernas e por conta disso utiliza uma muleta, já planeja trazer mais um título mundial para o surfe brasileiro, o título em sua categoria no Mundial de Surf Adaptado:

Thiago Lima – Foto: arquivo pessoal

“Meu objetivo é ir pro mundial , ganhar o mundial de surfadaptado Estou treinando todos dias , treinando de skate. Mas por enquanto estou sem patrocínio. Aproveito a oportunidade para dar um alô nos empresários que possam me ajudar de alguma forma”, diz ele sempre determinado.

Thiago está determinado a competir no mundial – Foto: arquivo pessoal

Sua categoria ainda não foi definida, e nesse caso a CBS ( Confederação Brasileira de Surfe) envia o
um laudo sobre o grau de sua lesão para a ISA ( International Surf Association) órgão responsável pelo surfe nos Jogos Olímpicos, que também organiza os mundiais paralímpicos. A partir daí, a entidade homologará a categoria na qual Thiago poderá competir.

Thiago competiu no Desafio Rio x São Paulo de Longboard, realizado na Praia da Macumba, e mesmo competindo contra competidores sem limitações físicas, conseguiu ficar em terceiro lugar na categoria Iniciante. Ele competiu entre os caras segundo ele “normais” e mesmo sendo deficiente, terminou em terceiro. O que segundo ele, o deixou muito feliz lhe dand ainda mais ânimo para buscar um título no mundial.

Thiago ficou com a terceira posição no Desafio Rio x São Paulo de Longboard – Foto: arquivo pessoal

“Competi com pessoas que não têm deficiência e consegui ter um bom desempenho. Estou super ansioso e com muita vontade de competir. O surfe transformou minha vida e me trouxe novos limites e muita força para seguri em frente. Vou com tudo para esse mundial!, conclui Thiago.

O Mundial de Surfe Adaptado 2022 “World Para Surfing Championship” será realizado de 4 a 11 de dezembro de 2022, em Pismo Beach, Califórnia.

NR: Atenção empresários, oportunidade de ouro para investir em uma boa causa!

 

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp




Deixar um comentário

Você vai se interessar também

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho disputará a última vaga para as semifinais com o australiano Ryan Callinan.

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

Últimas notícias

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho disputará a última vaga para as semifinais com o australiano Ryan Callinan.

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Agende sua aula