Notícias

>

Us Open: João Chianca é o Brasil em Huntington

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho

Escrito por

Tina Baptistini

|

Publicado em:

04/08/2022

|

Atualizado em:

04/08/2022

-

16:00

|

4 min de leitura

4 min de leitura

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

João Chianca – Morris/WSL

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho disputará a última vaga para as semifinais com o australiano Ryan Callinan. Nesta quinta-feira (4/8), acontecem as oitavas de final femininas, a partir das 11h30 (horário no Brasil), logo na sequência começa o Vans Duct Tape Invitational, abrindo a segunda etapa do World Surf League (WSL) Longboard Tour, ao vivo de Huntington Beach pelo site da WSL

As ondas baixaram um pouco na quarta-feira, mas o mar continuou desafiador, com forte correnteza e boas ondas de 3-4 pés para definir as quartas de final da etapa norte-americana do WSL Challenger Series. O primeiro sul-americano a competir nas oitavas de final foi Lucca Mesinas. O peruano começou bem, numa esquerda que abriu o paredão para combinar duas manobras potentes de backside. Os juízes deram nota 8,0 e na onda seguinte conseguiu 5,97, que garantiu a vitória sobre o norte-americano Cole Houshmand, por 13,97 a 11,16 pontos.“O importante era classificar, então estou feliz pela vitória e quero manter o foco para continuar avançando”, disse Lucca Mesinas.“As condições do mar continuam difíceis, mas se achar uma onda que abra um pouco, para soltar uma manobra grande, você consegue uma nota boa. Foi isso o que aconteceu. Mas, às vezes, você consegue uma nota alta também com apenas uma manobra. Então, é preciso ficar atento, para entender as notas dos juízes.”

 

Ramzi_Boukhaim – Foto: Morris/WSL

O peruano chegou na Califórnia em 44º no ranking e já subiu para o 19º lugar, com a passagem para as quartas de final. Seu próximo adversário é Eithan Osborne, que eliminou o brasileiro Willian Cardoso com a maior nota do ano no WSL Challenger Series 2022. O norte-americano acertou um aéreo incrível de backside, voando muito alto, fazendo a rotação completa e aterrissando com perfeição, para ganhar 9,67 dos juízes. O recorde era 9,57 do havaiano Ezekiel Lau, recebido na primeira etapa na Gold Coast, Austrália.

Assim como Willian Cardoso, o também catarinense Alejo Muniz terminou em nono lugar no Vans US Open of Surfing, marcando 3.320 pontos. Alejo já tinha assumido a quarta posição no ranking com a classificação para as oitavas de final, eliminando um concorrente direto por vaga no G-10, o americano Nolan Rapoza. Depois desse confronto que abriu a quarta-feira, Alejo não conseguiu achar boas ondas contra o jovem Joel Vaughan. O australiano pegou as melhores para vencer, por 14,43 a 8,20 pontos, a sexta vaga para as quartas de final.

Dobradinha brasileira – No duelo seguinte, João Chianca salvou a pátria brasileira, ao derrotar Ramzi Boukhiam por uma pequena vantagem de 12,20 a 11,93 pontos. No terceiro confronto do dia, Chumbinho venceu uma dobradinha brasileira com Edgard Groggia, na onda que surfou no minuto final da bateria. Agora, o marroquino foi quem quase conseguiu a virada na última onda, mas felizmente para o brasileiro, a nota saiu 5,43 e ele precisava de 5,70.

João Chianca corre atrás para voltar à elite do surfe mundial – Foto: Morris/WSL

“Eu saí da água e vim correndo pro palanque, para ver as notas. Eu passei o ano inteiro competindo em baterias bem acirradas no CT, que acabava perdendo por pouco no final”, disse João Chianca.

“Foi uma bateria bem especial, sou bem amigo do Ramzi (Boukhiam) e fico feliz por conseguir surfar o meu melhor. Eu não comecei bem a bateria e tive que remar muito contra a correnteza no píer, sempre correndo atrás sem parar. Já passei por muitos altos e baixos esse ano, foi muito aprendizado, às vezes bem doloroso, mas sinto que esse segundo semestre vai ser importante e estou focado em fazer o meu melhor”.

PRÓXIMAS BATERIAS DO VANS US OPEN OF SURFING:

OITAVAS DE FINAL FEMININAS – 9.o lugar (US$ 2.750 e 3.320 pts):
——–realizada até a 4.a bateria na quarta-feira
5.a: Bronte Macaulay (AUS) x Sage Erickson (EUA)
6.a: Bettylou Sakura Johnson (HAV) x Sawyer Lindblad (EUA)
7.a: Sophie McCulloch (AUS) x Vahine Fierro (FRA)
8.a: Caitlin Simmers (EUA) x Nadia Erostarbe (ESP)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com US$ 3.500 e 4.745 pontos:
1.a: Ezekiel Lau (HAV) x Liam O´Brien (AUS)
2.a: Lucca Mesinas (PER) x Eithan Osborne (EUA)
3.a: Evan Geiselman (EUA) x Joel Vaughan (AUS)
4.a: Ryan Callinan (AUS) x João Chianca (BRA)

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp




Deixar um comentário

Você vai se interessar também

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

Os melhores surfistas do mundo já estão se preparando para o penúltimo evento do World Surf League (WSL) Championship Tour, o Outerknown Tahiti Pro, nos temidos tubos de Teahupo´o. Conhecido no mundo do surfe como "The End of the Road", em Teahupo´o será definido os 5 homens e as 5 mulheres que vão disputar os títulos mundiais da temporada no Rip Curl WSL Finals, nas ondas de Lower Trestles, na Califórnia.

US Open

Vídeo: final US Open 2022, Chianca x Lau

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

Leia mais »
Challenger Series 2022

US Open: João Chianca é vice-campeão em Huntington

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Leia mais »
Challenger Series 2022

WSL anuncia mudanças no calendário 2022

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Leia mais »
Challenger Series 2022

US Open: confira o que rolou no sábado

No sábado foram realizadas 16 baterias e as 8 que restaram para fechar a primeira fase, ficaram para abrir o domingo. O top da elite mundial, Jadson André, vai estrear na que será iniciada às 7h30 em Huntington Beach, 11h30 no fuso horário de Brasília. No terceiro confronto do segundo dia, tem participação tripla do Brasil, com João Chianca, Marco Fernandez e Matheus Navarro disputando apenas duas vagas para a próxima fase.

Leia mais »
Challenger Serie Balito 2022

Ballito Pro: quatro brazucas vão disputar vagas para as oitavas

Quatro brasileiros e um peruano vão disputar classificação para as oitavas de final do Ballito Pro apresentado pela O`Neill em KwaZulu-Natal, na África do Sul. Os primeiros a passar suas baterias na quarta-feira de ondas de 4-5 pés em Ballito, foram Deivid Silva e Alejo Muniz.

Leia mais »
Balito Pro

WSL Challenger Series de Ballito: Brasil começa com três vitórias

O Ballito Pro apresentado pela O´Neill abriu a terceira etapa do World Surf League (WSL) Challenger Series na segunda-feira (4/6), com seis surfistas da América do Sul passando suas primeiras baterias na África do Sul. João Chianca, Deivid Silva e Alejo Muniz, estrearam com vitórias nas ondas de 2-3 pés de Ballito, em KwaZulu-Natal.

Leia mais »
US Open

Vídeo: final US Open 2022, Chianca x Lau

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

Leia mais »
Challenger Series 2022

US Open: João Chianca é vice-campeão em Huntington

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Leia mais »
Challenger Series 2022

WSL anuncia mudanças no calendário 2022

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Leia mais »

Últimas notícias

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

Os melhores surfistas do mundo já estão se preparando para o penúltimo evento do World Surf League (WSL) Championship Tour, o Outerknown Tahiti Pro, nos temidos tubos de Teahupo´o. Conhecido no mundo do surfe como "The End of the Road", em Teahupo´o será definido os 5 homens e as 5 mulheres que vão disputar os títulos mundiais da temporada no Rip Curl WSL Finals, nas ondas de Lower Trestles, na Califórnia.

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Agende sua aula