Notícias

>

Alemão de Maresias: o brasileiro por trás do título de Sebastian Steudtne

Foi anunciado nesta semana o novo recorde mundial de surfe em ondas gigantes, conquistado pelo alemão Sebastian Steudtner com uma onda de 26,21 metros em Nazaré, Portugal.

Escrito por

Tina Baptistini

|

Publicado em:

27/05/2022

|

Atualizado em:

30/05/2022

-

17:11

|

4 min de leitura

4 min de leitura

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 

Alemão colocando Ítalo Ferreira em uma onda – Foto: divulgação

Foi anunciado nesta semana o novo recorde mundial de surfe em ondas gigantes, conquistado pelo alemão Sebastian Steudtner com uma onda de 26,21 metros em Nazaré, Portugal. Mas o feito não é comemorado isoladamente por Steudtner. O brasileiro conhecido internacionalmente como Alemão de Maresias – apelido de Edilson Assunção – é um importante responsável por essa conquista. Ele é o driver, ou piloto de moto aquática, que conduziu o novo recordista ao mar e foi ele também quem avistou e escolheu a onda surfada pelo atleta, ao avaliar que ela tinha um grande potencial.

Tanto quanto o próprio surfista que desliza nas paredes de água sobre a prancha, o driver é fundamental no tow-in, como é chamado oficialmente o surfe rebocado em ondas gigantes. O esporte só pode ser praticado em duplas, compostas pelo surfista e pelo seu piloto. Muitas vezes, até em trio, com uma segunda moto aquática atuando como ‘safety’, ou segurança. O Alemão de Maresias, atualmente, está entre os três melhores pilotos de tow-in no mundo. Além de ter escolhido e colocado Steudtner na onda que mereceu o novo recorde, o profissional brasileiro está entre os condutores preferidos de atletas como Garrett McNamara, Pedro Scooby, Maya Gabeira, Lucas Chumbo, Ítalo Ferreira e o tri campeão Gabriel Medina.

Alemão de Maresias em Nazaré – Foto: divulgação

“Fui convidado pela Maya para ir para Nazaré, em outubro de 2020, para ser o driver dela e do Sebastian. Nesse dia do recorde, passamos umas seis horas no mar, quando enxerguei aquela onda e vislumbrei a possibilidade de ela ser a maior onda surfada no dia. Isso aconteceu e agora o novo recorde mundial de ondas gigantes está confirmado. Também conquistou o prêmio de maior onda da temporada 2020/2021, pela WSL – World Surf League”, afirma Alemão.

“Nesse dia, o Sebastian pegou umas oito ou dez ondas, mas essa, em particular, que gerou o recorde, vinha ‘no inside’ (mais embaixo), e eu, em alta velocidade para conseguir chegar na parte boa da onda, fiz um sinal para ele avisando que faria uma curva para lançá-lo nela, num movimento que chamamos no tow-in de ‘estilingada’. Ele entendeu, conseguiu pegar a onda e eu só fiquei torcendo para que tudo desse certo e que o Sebastian tivesse a perfeição que o levasse a concluir a onda, como foi o que aconteceu”, conta o brasileiro.

No biênio 2021/2022, Alemão de Maresias atuou não somente como parte do time do novo recordista do tow-in, Sebastian Steudtner, e muitos outros surfistas brasileiros ou internacionais. Por cerca de três meses ele integrou a equipe do norte-americano Garrett McNamara, lendário atleta de mares extremos que está desenvolvendo projeto intitulado ‘100 Foot Wave’ (ou ‘Onda de 100 Pés’, em tradução livre), cuja primeira temporada está em exibição na plataforma de streaming HBO MAX, mas já tem a segunda e a terceira temporadas em processo de produção. “Além de trabalhar com grandes atletas do tow-in do Brasil e do mundo, ter sido convidado para integrar o projeto do McNamara me deixou muito satisfeito. Considero como um reconhecimento ao meu trabalho que comparo com ganhar o recorde mundial”, diz.

Alemão vem se especializando em técnicas de resgate – Foto: divulgação

Claro que a experiência para ser um driver no tow-in não surge somente das habilidades de condutor de motos aquáticas. Alemão também é surfista e costuma pegar ondas em Nazaré há muitos anos. Com 22 anos de experiência na atuação como piloto, há cerca de sete anos ele vem se especializando no trabalho de fazer a condução e a segurança dos surfistas do tow-in em Nazaré, para colocá-los nas ondas, escolhendo quais acredita serem as melhores. “Sei que o reconhecimento do meu trabalho como driver não se deve apenas à segurança na ação, à sabedoria e experiência para lidar com as situações extremas. Vem também da ética, do respeito, atitude e transparência que mantenho com todos os meus parceiros”, completa.

Mais sobre Alemão de Maresias

Edilson Assunção, mais conhecido como Alemão de Maresias, atua há mais de 30 anos no universo das ondas grandes. Além de ser um grande surfista, é referência mundial em pilotagem de jet ski e resgate aquático, principalmente em situações extremas. Hoje é considerado um dos melhores pilotos da temida onda de Nazaré, em Portugal. Realizou, ao longo de sua carreira, alguns resgates complexos, o que, inclusive, lhe rendeu o prêmio de maior comprometimento com os surfistas pela World Surf League, a Liga Mundial de Surfe (WSL) durante o Nazaré Tow-in Challenge 2020, fato que o colocou no posto de coordenador de segurança aquática nos campeonatos em Nazaré. Alemão de Maresias prática, além do surfe e do tow-in, outras modalidades de esportes aquáticos, como stand-up paddle e canoa havaiana, onde também se tornou uma referência. É nas ondas grandes, porém, que ele conquistou seus principais títulos e chamou a atenção de atletas e da mídia nacional e internacional. Atualmente, uma de suas principais atividades é dar suporte, com o auxílio de jet ski, para surfistas amadores e profissionais, além de produtores cinematográficos no que se refere ao oceano. Um verdadeiro Waterman, Alemão é tratado como sinônimo de conhecimento e conexão com o oceano.

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp




Deixar um comentário

Você vai se interessar também

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho disputará a última vaga para as semifinais com o australiano Ryan Callinan.

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

Itacoatiara Big Waves 2022

Vídeo: Shock mostra sua força durante Itacoatiara Big Wave 2022

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Leia mais »
Itacoatiara Big Waves 2022

Vídeo: Shock mostra sua força durante Itacoatiara Big Wave 2022

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Leia mais »

Últimas notícias

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho disputará a última vaga para as semifinais com o australiano Ryan Callinan.

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Agende sua aula