Notícias

>

Red Bull Big Wave Awards 2022: confira os vencedores

Escrito por

João Carvalho

|

Publicado em:

07/07/2022

|

Atualizado em:

07/07/2022

-

15:52

|

5 min de leitura

5 min de leitura

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Justine Dupont ganhou dois dos três prêmios da categoria feminina Billy Kemper, Francisco Porcella, Mason Barnes e Annie Reickert foram os outros ganhadores do ano.

A World Surf League (WSL) está anunciando nesta quinta-feira, 7 de julho, os vencedores do Red Bull Big Wave Awards de 2022. Um total de 350.000 dólares foi distribuído para os ganhadores e ganhadoras das três categorias premiadas: Onda do Ano (Ride of the Year), Maior Onda de Tow-in (Biggest Tow) e Maior Onda na Remada (Biggest Paddle). Os fotógrafos e cinegrafistas das ondas vencedoras, também receberam premiação em dinheiro pelos registros.

A competição deste ano recebeu mais de 300 inscrições, com algumas das ondas mais pesadas e incríveis surfadas durante a janela da temporada do Big Wave Awards 2022, de 1º de abril de 2021 a 31 de março de 2022. Todas as ondas enviadas, foram avaliadas por um painel de jurados formado por juízes da WSL, ex-surfistas profissionais e especialistas em ondas grandes.

Annie Reickert – Foto: Aaron Lynton

“Parabéns aos vencedores do Red Bull Big Wave Awards deste ano”, disse Jessi Miley-Dyer, vice-presidente de circuitos e competições da WSL. “O nível de comprometimento que vimos nesta temporada foi incrível e fiquei realmente impressionada com as ondas indicadas para os prêmios. Para mim, o destaque da temporada foi Justine Dupont, com duas ondas premiadas e indicações em todas as categorias. Ela realmente concretizou seu domínio no mundo das ondas gigantes”.

ONDA DO ANO – O prêmio para a “Onda do Ano” é concedido para quem demonstra o nível mais avançado e comprometido do surfe em ondas gigantes, conforme o julgamento pelas imagens de vídeo disponíveis. Embora o tamanho bruto da onda seja levado em consideração, em última análise, é o nível de desempenho que é premiado. A francesa Justine Dupont foi indicada com duas ondas nesta categoria e ganhou o prêmio pela que surfou em Teahupo’o, no Taiti, em 13 de agosto de 2021. O italiano Francisco Porcella ganhou o prêmio masculino por sua onda em Jaws, no dia 2 de novembro de 2021 no Havaí.

Top-5 da categoria feminina:
1 – Justine Dupont em Teahupoo em 13 de agosto de 2021 (video de Manea Fabish)
2 – Paige Alms em Jaws no dia 9 de janeiro de 2022
3 – Justine Dupont em Teahupoo no dia 6 de outubro de 2021
4 – Annie Reickert em Outer Reef Kahului em 5 de dezembro de 2021
5 – Michelle des Bouillons em Nazaré em 10 de fevereiro de 2022

Top-5 da categoria masculina:
1 – Francisco Porcella em Jaws em 2 de novembro de 2021 (video de Jace Panebianco)
2 – Billy Kemper em Jaws em 2 de novembro de 2021
3 – Mikey Brennan em Shipstern Bluff em 26 de março de 2022
4 – Lucas Chumbo Chianca em Nazaré em 25 de fevereiro de 2022
5 – Pedro Scooby em Nazaré em 13 de dezembro de 2021

 

MAIOR ONDA DE TOW-IN – O prêmio de “Maior Onda de Tow-In” surfada com o auxílio do jet-ski vai para os surfistas que, por qualquer meio disponível, completarem a maior onda do ano. As ondas vencedoras nas duas categorias foram surfadas em Nazaré, Portugal, onde Justine Dupont ganhou seu segundo prêmio com uma das três ondas que pegou no dia 8 de janeiro de 2022. O prêmio masculino ficou para o norte-americano Mason Barnes por sua onda surfada no dia 26 de fevereiro de 2022.

Top-5 da categoria feminina:
1 – Justine Dupont em Nazaré em 8 de janeiro de 2022 (video e foto de Thomas Slavik)
2 – Michelle des Bouillons em Nazaré no dia 11 de dezembro de 2021
3 – Justine Dupont em Nazaré no dia 8 de janeiro de 2022 (onda 2)
4 – Justine Dupont em Nazaré no dia 8 de janeiro de 2022 (onda 3)
5 – Michelle des Bouillons em Nazaré no dia 13 de dezembro de 2021

Top-5 da categoria masculina:
1 – Mason Barnes em Nazaré em 26 de fevereiro de 2022 (video e foto de Laurent Pujol)
2 – João Macedo em Nazaré no dia 25 de fevereiro de 2022
3 – Pedro Scooby em Nazaré no dia 8 de janeiro de 2022
4 – Nic Von Rupp em Nazaré no dia 8 de janeiro de 2022
5 – Lucas Chumbo Chianca em Nazaré em 8 de janeiro de 2022

MAIOR ONDA NA REMADA – O prêmio de “Maior Onda na Remada” vai para os surfistas que completarem com sucesso a maior onda surfada na remada, sem auxílio do jet-ski. As ondas vencedoras foram surfadas em Jaws, Havaí, no dia 2 de novembro de 2021, por Annie Reickert e pelo quatro vezes campeão do Pe’ahi Challenge, Billy Kemper.

Top-5 da categoria feminina:
1 – Annie Reickert em Jaws em 2 de novembro de 2021 (foto de Aaron Lynton e video de Slater Neborsk)
2 – Justine Dupont em Nazaré em 19 de novembro de 2021
3 – Katie Mae McConnell em Himalayas em 22 de janeiro de 2022
4 – Paige Alms em Jaws no dia 2 de novembro de 2021
5 – Raquel Heckert at Himalayas em 22 de janeiro de 2022

Top-5 da categoria masculina:
1 – Billy Kemper em Jaws em 2 de novembro de 2021 (video e foto de Marco Arellano)
2 – Lucas Chumbo Chianca em Nazaré no dia 12 de janeiro de 2022
3 – Pedro Calado em Nazaré no dia 12 de janeiro de 2022
4 – Jamie Mitchell em Nazaré no dia 9 de fevereiro de 2022
5 – Ben Andrews em Mavericks em 11 de janeiro de 2022

Como parte do Red Bull Big Wave Awards 2022, a WSL anunciou oficialmente o novo título do GUINNESS WORLD RECORDS™ para a maior onda surfada por um homem para o alemão Sebastian Steudtner. O novo recorde foi para a onda de 86 pés, ou 26,21 metros de altura, que ele surfou no dia 29 de outubro de 2020 na Praia do Norte, em Nazaré, Portugal.

Para assistir todas as ondas vencedoras, acesse o link: WorldSurfLeague.com/redbullbigwaveawards.

Temporada 2022/2023 do Big Wave abre em 1º de novembro de 2022

A janela para a temporada 2022/2023 de ondas gigantes da World Surf League vai abrir oficialmente no dia 1.o de novembro de 2022 e vai até 31 de março de 2023. O calendário da WSL terá dois eventos esse ano, o TUDOR Nazaré Tow Surfing Challenge apresentado pelos Jogos Santa Casa em Portugal e o Quiksilver JAWS Big Wave Challenge apresentado pela TUDOR, com cada competição disputada na modalidade de tow-in e remada, respectivamente.

Oficiais da WSL vão monitorar as tempestades e ondulações, observando as condições que possam produzir ondas com altura na faixa da competição. A convocação oficial será anunciada com 72 horas de antecedência e os surfistas terão que estar prontos para competir.

 

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp




Deixar um comentário

Você vai se interessar também

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho disputará a última vaga para as semifinais com o australiano Ryan Callinan.

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

Challenger Series 2022

WSL anuncia mudanças no calendário 2022

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Leia mais »
Challenger Series 2022

US Open: confira o que rolou no sábado

No sábado foram realizadas 16 baterias e as 8 que restaram para fechar a primeira fase, ficaram para abrir o domingo. O top da elite mundial, Jadson André, vai estrear na que será iniciada às 7h30 em Huntington Beach, 11h30 no fuso horário de Brasília. No terceiro confronto do segundo dia, tem participação tripla do Brasil, com João Chianca, Marco Fernandez e Matheus Navarro disputando apenas duas vagas para a próxima fase.

Leia mais »
Open J-Bay

Open J-Bay: próxima chamada ocorre nesta quarta feira

O início do Corona Open J-Bay, nona etapa do World Surf League (WSL) Championship Tour, foi adiado no primeiro dia do seu prazo, que vai até o dia 21 na África do Sul. As previsões indicavam que um swell consistente já entraria na terça-feira e foram feitas algumas chamadas durante o dia, até o “day-off” ser decretado às 14h15 em Eastern Cape.

Leia mais »
Mercado

Mercado: 213 Sports renova com WSL

A 213 Sports, agência responsável pela representação comercial da World Surf League (WSL) no Brasil desde 2015, anuncia a renovação contratual com a principal entidade global de surfe.

Leia mais »
Challenger Series 2022

WSL anuncia mudanças no calendário 2022

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Leia mais »
Challenger Series 2022

US Open: confira o que rolou no sábado

No sábado foram realizadas 16 baterias e as 8 que restaram para fechar a primeira fase, ficaram para abrir o domingo. O top da elite mundial, Jadson André, vai estrear na que será iniciada às 7h30 em Huntington Beach, 11h30 no fuso horário de Brasília. No terceiro confronto do segundo dia, tem participação tripla do Brasil, com João Chianca, Marco Fernandez e Matheus Navarro disputando apenas duas vagas para a próxima fase.

Leia mais »

Últimas notícias

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho disputará a última vaga para as semifinais com o australiano Ryan Callinan.

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Agende sua aula