Notícias

>

Museu do Surfe Santos: Almir Salazar

Almir Salazar O segundo dos três filhos de Alexandre e Adair, nasceu em Santos, no dia 25 de agosto de 1958. A mãe aproveitava o intervalo dos seus afazeres para levar o pequeno Almir para brincar na praia. A família morava numa casa a duas quadras da praia, na Vilinha da

Escrito por

Gabriel Pierin

|

Publicado em:

20/10/2023

|

Atualizado em:

20/10/2023

-

16:02

|

4 min de leitura

4 min de leitura

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 

O segundo dos três filhos de Alexandre e Adair, nasceu em Santos, no dia 25 de agosto de 1958. A mãe aproveitava o intervalo dos seus afazeres para levar o pequeno Almir para brincar na praia. A família morava numa casa a duas quadras da praia, na Vilinha da rua Particular Alfredo Ximenes, ao lado da linha férrea. Os Salazar eram vizinhos de Silvério e Zé Moréia, outros ícones do surfe santista.

Almir ficava fascinado pela praia, especialmente pelo canal que cortava a areia até o mar, num tempo em que ainda não existia o Quebra-Mar. Era no Canal 1 que os irmãos Salazar se divertiam pegando suas primeiras ondas. O pai, vendo a empolgação da molecada, decidiu investir. Em 1968, “seo” Bigode tomou a iniciativa e comprou um longboard Glaspac muito velho, por 100 cruzeiros. Os irmãos passaram a dividir as ondas com outros surfistas que frequentavam e eram referências no Canal 1, entre eles, Luiz Zé, Marcos “Tubo”, Homero e Oracio Cocada.

 

 

Os campeonatos que aconteceram em Santos foram marcantes na trajetória de Almir, especialmente os torneios de 1975, 76 e 77, organizados por Carioca e Zanetti. Ele venceu o Nacional Aberto do Quebra-Mar de 1975, e no ano seguinte, em 1976 – com a presença dos surfistas cariocas Rico de Souza e Daniel Friedman, e até de um havaiano, o Keone Downing – Almir repetiu o feito, garantindo o bicampeonato. Em 1977 terminou na segunda colocação. O santista também mantém o título de único tetracampeão paulista profissional (1980/81/82/83) da história. Ele ainda voltaria a conquistar o topo estadual em 1986 e 1987.

Um dos fatos mais inusitados em competições ocorreu nas águas vizinhas. Em São Vicente, Almir disputava uma bateria do Circuito Vicentino (1998-99) com outros três atletas. Naquela altura, quando faltavam cinco minutos pra finalizar a bateria, Almir pegou uma onda e a cordinha estourou. O mar estava grande e não ia dar tempo de nadar até o raso pra resgatar a prancha e tentar uma última onda. O competidor não teve dúvida: pediu a prancha para um dos surfistas que estava próximo e dropou a derradeira onda que lhe rendeu a conquista da bateria. Quem estava na areia ficou sem entender nada.

 

 

Almir sempre foi muito ligado às pranchas e acompanhar a evolução na mudança de materiais – da madeira para a fibra de vidro – e no encurtamento dos velhos pranchões, foi fascinante. Nos anos 1990 apareceram as máquinas que facilitaram o trabalho. Para Almir tudo evoluiu no surfe, mas a transformação das pranchas foi marcante, tanto que o surfista empreenderia na fabricação delas o seu próprio negócio.

No final dos anos 1970, Almir montou sua primeira fábrica na famosa Vilinha. Já nos anos 1980 ele montou a segunda no Morro da Divisa e finalmente a terceira, em São Vicente, quando surgiu a New Advanced Surfboards, em 1987, junto ao Sérgio “Pro-Glass”, parceria que existe até hoje.
Almir conheceu vários picos ao redor do mundo e desbravou outros tantos. Um deles, numa trip inesquecível para o sul de Portugal, na região de Algarves, descobriu Ponta Ruiva, próximo a Portimão, ainda desconhecido pelos brasileiros.

 

Durante os cinco anos em que viveu nas terras lusitanas, onde era shaper da Polen Surfboards, tornou-se o primeiro campeão de surfe profissional português (1992) e vice-campeão europeu (Circuito EPSA). Na categoria Longboard, o santista foi bicampeão português (1992-93).
Toda sua carreira de sucesso no surfe se deve principalmente ao início da sua trajetória, em especial ao apoio do pai, Alexandre Bigode, que arriscou tudo por acreditar no sonho e no potencial dos filhos. A morte do irmão mais velho também foi um divisor de águas, já que Lequinho era um alicerce e uma inspiração para os irmãos Salazar.

 

Almir é casado com Tenyle Salazar e tem cinco filhos: Thiago, Christian, Fabrício, Mariana e Almirzinho. Aos 64 anos de idade, segue surfando e fabricando pranchas de alta qualidade.

 

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp




Deixar um comentário

Você vai se interessar também

Os campeões representam as instituições Colégio COC Novomundo, Praia Grande e Colégio Adélia Camargo Corrêa, do Guarujá respectivamente

Desenvolvido com IA, o sistema da BindFlow fará a gestão total das ondas do primeiro clube de surf com piscina coberta e aquecida do mundo !

A 36ª edição do Hang Loose Surf Attack, apresentada pela Prefeitura Municipal de Ilha Comprida e organizada pela Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf), começou com grandes disputas acirradas para o primeiro dia de competições em boas ondas de meio metro que quebraram constantes e muito sol na Praia de Boqueirão Norte.

Favoritos são desclassificados e nota 9.07, a maior nota até agora, coloca É O Lobster na lista dos melhores do CBSurf Taça Brasil 100000, o Pena Pro Baía Formos

Informação é de um estudo divulgado pela Semrush, que analisou quais nomes confirmados para os jogos olímpicos de Paris estão gerando maior interesse e expectativa dos torcedores

Com apenas sete anos de surf, Natália de Goes Gerena, de 15 anos, já se destaca como a primeira mulher em evidência na modalidade em Ilha Comprida, cidade litorânea da região sul do Estado de São Paulo.

As ondas subiram ainda mais nesta quinta-feira (27) na praia da Macumba para o décimo dia de competição do Rio Surf Festival 2024. Foi a vez das categorias Longboard para os atletas acima de 35 e 50 anos, Longboard Progressivo e as semifinais do SUP Surf (35+) estrearem na prova.

A marca patrocina o atleta e disponibiliza mais de 50 bicicletas elétricas para a WSL durante o Vivo Rio Pro 2024, de 22 a 30 de junho

O mar subiu nesta quarta-feira (26) para a reta final do Rio Surf Festival 2024 com as disputas das categorias Longboard e Sup Surf. A competição terminará no próximo sábado (29) na praia da Macumba com a definição dos campeões da etapa.

A Prainha foi o palco para as disputas da seletiva da CBSurf que definiu as três vagas para a equipe brasileira que participará do mundial Master da ISA que acontecerá no mês de outubro em El Salvador.

O domingo foi de decisões na terceira etapa do Circuito CBSurf Master Tour 2024 realizada na praia da Macumba, Rio de Janeiro. O Rio Surf Festival 2024 segue nessa segunda-feira (24), com as disputas pendentes para a seletiva do mundial Master da ISA que acontecerá no mês de outubro em El Salvador.

O Rio Surf Festival 2024 prosseguiu nesta quarta-feira com ondas pequenas e bons momentos durante o período da manhã para a sequencia do evento. Com a subida da maré as condições ficaram difíceis, obrigando a direção de prova a paralisar a competição no meio da tarde.

O Rio Surf Festival 2024 teve início nesta terça-feira com muito sol e boas ondas para a disputa da terceira etapa do CBSurf Master Tour 2024. A competição definirá os atletas que disputarão a Seletiva nas categorias 40-49 anos/50-59 anos e 60+ anos para o Mundial da ISA (International Surf Association) em El Salvador no mês de outubro.

Marca de tênis será uma das apoiadoras da etapa do Championship Tour (CT), em Saquarema, no Rio de Janeiro

Começou a contagem regressiva para a 3ª Edição do GKC VELAS TRAIRI, evento que rola entre os dias 17 e 23 de junho de 2024 na paradisíaca praia do Guajiru, município de Trairi-CE, e valerá como 1ª Etapa do Brasileiro ABK l Strapless Freestyle / Kite Foil Tubular / TT Race; 3ª Etapa do Brasileiro ABwing l Wing Race e o Regional GKC l Tow In Surf Foil.

Últimas notícias

Os campeões representam as instituições Colégio COC Novomundo, Praia Grande e Colégio Adélia Camargo Corrêa, do Guarujá respectivamente

Desenvolvido com IA, o sistema da BindFlow fará a gestão total das ondas do primeiro clube de surf com piscina coberta e aquecida do mundo !

A 36ª edição do Hang Loose Surf Attack, apresentada pela Prefeitura Municipal de Ilha Comprida e organizada pela Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf), começou com grandes disputas acirradas para o primeiro dia de competições em boas ondas de meio metro que quebraram constantes e muito sol na Praia de Boqueirão Norte.

Favoritos são desclassificados e nota 9.07, a maior nota até agora, coloca É O Lobster na lista dos melhores do CBSurf Taça Brasil 100000, o Pena Pro Baía Formos

Informação é de um estudo divulgado pela Semrush, que analisou quais nomes confirmados para os jogos olímpicos de Paris estão gerando maior interesse e expectativa dos torcedores

Com apenas sete anos de surf, Natália de Goes Gerena, de 15 anos, já se destaca como a primeira mulher em evidência na modalidade em Ilha Comprida, cidade litorânea da região sul do Estado de São Paulo.

As ondas subiram ainda mais nesta quinta-feira (27) na praia da Macumba para o décimo dia de competição do Rio Surf Festival 2024. Foi a vez das categorias Longboard para os atletas acima de 35 e 50 anos, Longboard Progressivo e as semifinais do SUP Surf (35+) estrearem na prova.

A marca patrocina o atleta e disponibiliza mais de 50 bicicletas elétricas para a WSL durante o Vivo Rio Pro 2024, de 22 a 30 de junho

O mar subiu nesta quarta-feira (26) para a reta final do Rio Surf Festival 2024 com as disputas das categorias Longboard e Sup Surf. A competição terminará no próximo sábado (29) na praia da Macumba com a definição dos campeões da etapa.

A Prainha foi o palco para as disputas da seletiva da CBSurf que definiu as três vagas para a equipe brasileira que participará do mundial Master da ISA que acontecerá no mês de outubro em El Salvador.

O domingo foi de decisões na terceira etapa do Circuito CBSurf Master Tour 2024 realizada na praia da Macumba, Rio de Janeiro. O Rio Surf Festival 2024 segue nessa segunda-feira (24), com as disputas pendentes para a seletiva do mundial Master da ISA que acontecerá no mês de outubro em El Salvador.

O Rio Surf Festival 2024 prosseguiu nesta quarta-feira com ondas pequenas e bons momentos durante o período da manhã para a sequencia do evento. Com a subida da maré as condições ficaram difíceis, obrigando a direção de prova a paralisar a competição no meio da tarde.

O Rio Surf Festival 2024 teve início nesta terça-feira com muito sol e boas ondas para a disputa da terceira etapa do CBSurf Master Tour 2024. A competição definirá os atletas que disputarão a Seletiva nas categorias 40-49 anos/50-59 anos e 60+ anos para o Mundial da ISA (International Surf Association) em El Salvador no mês de outubro.

Marca de tênis será uma das apoiadoras da etapa do Championship Tour (CT), em Saquarema, no Rio de Janeiro

Começou a contagem regressiva para a 3ª Edição do GKC VELAS TRAIRI, evento que rola entre os dias 17 e 23 de junho de 2024 na paradisíaca praia do Guajiru, município de Trairi-CE, e valerá como 1ª Etapa do Brasileiro ABK l Strapless Freestyle / Kite Foil Tubular / TT Race; 3ª Etapa do Brasileiro ABwing l Wing Race e o Regional GKC l Tow In Surf Foil.

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Agende sua aula