Notícias

>

Museu do Surfe de Santos: George Greenough e o Pink Floyd

Nascido em 6 de novembro de 1941, em uma rica e bem relacionada família da cidade de Montecito, na Califórnia, George Hamilton Perkins Greenough aventurou-se desde muito cedo nas águas que banham a baía de Santa Mônica.

Escrito por

Gabriel Pierin

|

Publicado em:

27/05/2022

|

Atualizado em:

27/05/2022

-

16:25

|

3 min de leitura

3 min de leitura

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 

Greenough, uma lenda do surfe – Foto: arquivo

Nascido em 6 de novembro de 1941, em uma rica e bem relacionada família da cidade de Montecito, na Califórnia, George Hamilton Perkins Greenough aventurou-se desde muito cedo nas águas que banham a baía de Santa Mônica.
Greenough iniciou o surfe e no final da década de 1950 passou a experimentar o kneeboard. Sua intenção era estar mais próximo das ondas e sentir a velocidade que ela proporcionava. Seu interesse pela hidrodinâmica conduziram o surfista para os experimentos fora d’água.

Ele passou a fabricar as próprias pranchas e ao longo da vida aprimorou os equipamentos. Greenough ainda estava no Ensino Médio quando acrescentou uma quilha na sua prancha, no formato de uma barbatana de um atum, um peixe rápido e manobrável. A nova quilha era quase um terço menor do que as quilhas tradicionais. Além disso, por ser mais flexível, permitia que a energia fosse armazenada e depois liberada nas suas curvas, funcionando como uma mola. O experimento deu certo e Greenough alcançou níveis no surfe acima do padrão da época.

 

Crystal Voyager, um filme levemente autobiográfico

Em 1964, aos 23 anos, ele visitou a Austrália e conheceu Bob McTavish e Nat Young. Os surfistas ficaram entusiasmados com a exibição de Greenough sobre sua kneeboarder e Nat Young resolveu apostar na nova quilha. Foi com ela que Nat disputou e venceu o Campeonato Mundial de 1966, em San Diego. Bob considerou aquela pequena invenção de Greenough uma grande revolução.

Ao mesmo tempo, Greenough evoluiu na construção das pranchas, tornando-as semelhantes às suas kneeboards. O resultado foi o encurtamento de suas pranchas de surfe e o formato de colher (spoon), com 1,5 metro de comprimento, 23 polegadas de largura e rabeta estreita. Seus inventos causaram a revolução das shortboards entre o final dos anos 1960 e início dos anos 1970.

O início das filmagens com a perspectiva do surfista com essa “pequena” câmera – Foto: arquivo

A obsessão pela melhoria do desempenho das pranchas levou Greenough à novas criações, entre elas a adaptação de uma câmera de filmar em alta velocidade presa aos ombros do surfista, um embrião da GoPro atual. Ele tentou, antes de tudo, integrar o surfista à natureza, na velocidade, no movimento e na magia das ondas. Seu filme The Innermost Limits of Pure Fun usou imagens e sons captados de dentro do tubo e deixou os surfistas alucinados durante a exibição.

 

Psicodelia e surfe – Arquivo

Foi o primeiro filme a levar o público literalmente para o universo e interior das ondas grandes. Os efeitos captados ainda influenciaram a banda inglesa Pink Floyd. A banda ficou tão animada que ofereceu o seu repertório para o próximo filme do surfista. Em 1971, Crystal Voyager, um filme levemente autobiográfico, roteirizado por Greenough, mostra sua busca por novas e enormes ondas. Greenough conseguiu aproveitar o talento do Pink Floyd para compor as trilhas sonoras do filme. Isso porque um suposto encontro na Austrália sacramentou o uso de Echoes, principal música programada para Meddle, álbum lançado na época, numa das melhores sequências do filme.

O surfe moderno deve muito à mente curiosa de George Greenough. O inovador surfista reside em Byron Bay, na Austrália.

@museudosurfesantos

 

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp




Deixar um comentário

Você vai se interessar também

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho disputará a última vaga para as semifinais com o australiano Ryan Callinan.

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

Últimas notícias

A praia de Itacoatiara, em Niterói, recebeu mais uma vez a elite do surfe brasileiro de ondas grandes. Desta vez, no entanto, os big riders deixaram de lado a disputa da terceira janela do Itacoatiara Big Wave 2022 e surfaram as melhores ondas como exibição em técnicas e manobras radicais.

A organização do IBW está na expectativa de um grande swell na Laje do Shock para a sexta-feira, dia 12, com ondas que podem chegar a quatro metros

Conforme as previsões indicavam, os primeiros dias de disputa da penúltima etapa do CT 2022, Tahiti Pro, não terá baterias na água nos dois primeiros dias da janela de espera, que vai de 11 a 21 de agosto, em Teahupoo, Taiti.

Após reunião com membros e parte da diretoria, e, devido os alertas de ressaca e fortes ventos emitido pela Marinha e Defesa Civil, a ASS sempre visando a segurança dos atletas, especialmente os de base e estreantes, decidiu adiar a 2ª etapa do circuito Tríplice Coroa Saquarema de Surf para os dias 27 e 28 de Agosto na Praia de Itaúna.

A Federação de Surf do Estado de São Paulo apresenta o ranking do Circuito Paulista de Surf Profissional 2022, após a primeira etapa finalizada na Praia de Maresias, no último domingo (7)

O potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial de 2019 e terceiro no ranking de 2021 dominado pelo Brasil, com Gabriel Medina conquistando o tricampeonato na melhor de três com Filipe Toledo, chega ao Taiti ameaçado por três surfistas.

Terceira etapa de 2022 do maior evento de esportes aquáticos do mundo ocorre em Saquarema. Disputas do SUP Wave começam no dia 18 de agosto

Confira o vídeo da final entre João Chianca e o havaiano Ezekiel Lau.  Chianca finalizou na segunda posição, e com o resultado  entrou na lista dos 10 surfistas que o ranking do Challenger Series classificará para o World Surf League Championship Tour de 2023. 

A Praia de Itacoatiara foi palco, na manhã do domingo (31), da competição de surfe de Tow-In, modalidade em que o surfista é rebocado por um jet ski. A disputa foi a segunda janela do Itacoatiara Big Wave 2022. A sessão de hoje vai marcar a história do surfe na cidade, segundo organizadores e surfistas.

Os havaianos dominaram os pódios em Huntington Beach, conquistando três dos quatro títulos disputados no domingo de praia lotada na Califórnia, Estados Unidos. O último foi do Ezekiel Lau na final com o brasileiro João Chianca,

Ação do contribuinte é importante para o sustento e independência da instituição com sede no Guarujá (SP)

As quartas de final masculinas e femininas do Vans US Open of Surfing, só serão realizadas no sábado (6), pois a sexta-feira ficará reservada para a continuação do Mundial de Longboard, em Huntington Beach.

Saquarema Surf Festival é transferido de setembro para outubro, Punta Rocas Open Pro é adiado de outubro para novembro no Peru, Arica Pro Tour promove o primeiro QS 5000 do calendário no Chile, Circuito Banco do Brasil de Surfe define seus campeões em Ubatuba

Este é o quarto prêmio do curta metragem, dirigido por Ju Martins, que foi gravado em Búzios (RJ), durante a primeira clínica internacional do projeto, promovida pelo carioca bicampeão mundial de longboard

O brasileiro João Chianca e o peruano Lucca Mesinas foram os únicos sul-americanos que passaram para as quartas de final do Vans US Open of Surfing na Califórnia, Estados Unidos. Eles só voltam a competir na sexta-feira e Lucca vai enfrentar o norte-americano Eithan Osborne na segunda bateria, enquanto Chumbinho disputará a última vaga para as semifinais com o australiano Ryan Callinan.

  O Hang Loose Surf Attack 2022 realizou sua segunda etapa na Praia do Tombo, no último final de semana (29 a

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Agende sua aula