Notícias

>

Oi Rio Pro 2022: primeira fase masculina finalizada

Escrito por

Gerson Filho

|

Publicado em:

23/06/2022

|

Atualizado em:

24/06/2022

-

16:01

|

4 min de leitura

4 min de leitura

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Filipinho como sempre extrapolando – Foto: Luciano Cabal

A primeira fase da categoria Masculino do Oi Rio Pro, realizada na quinta-feira, 23 de junho, começou com o brasileiro Ítalo Ferreira marcando a boa média de 12,60 pontos. Ítalo fez a diferença ao surfar uma onda que lhe valeu um 7,50, melhor nota da bateria. Na segunda colocação ficou o sul-africano Matthew McGillivary com 9,0 e o local convidado do evento João Chianca, que arriscou algumas manobras de alto nível, porém não conseguiu completar e acabou a disputa em terceiro com 6,30.

Miguel Pupo em um belo momento – Foto: Luciano Cabal

Na segunda bateria da fase, Michael Rodrigues, que compete como convidado, marcou 12,33 para vencer Griffin Colapinto ( 12,27) e Jake Marshall (7,24), ambos atletas dos Estados Unidos. Na terceira bateria o australiano Jack Robinson mostrou suas cartas ao dar um aéreo rodando que lhe valeu 8,17. Sua outra onda não foi tão boa, 5,50, contudo, o suficiente para somar 13,67, média que lhe rendeu uma vaga no round seguinte. Em segundo ficou Mateus Herdy, com 8,50, seguido por Samuel Pupo com 7,50.

O líder do ranking Filipe Toledo não tomou conhecimento dos adversários surfando muito à vontade na quarta bateria do dia. O tricampeão da etapa brasileira marcou 13,77, com Nat Young em terceiro ( 11,00) e Miguel Tudela ( 9,23).

Miguel Tudela – Foto: Luciano Cabal

Na sequência Yago Dora começou perdendo a quinta bateria, em uma bateria na qual seus adversários Kanoa Igarashi e Kolohe Andino começaram muito bem, com ambos entubando para direita com bastante profundidade. Kanoa emplacou um 8,0, e Kolohe 6,33. Na sequência Yago soube se reposicionar, optando pelas esquerdas, e o resultado veio com duas boas ondas e a somatória de 13,90 (7,13 e 6,77), contra 13,50 de Igarashi e 9,83 de Andino.

Yago Dora extrapolando – Foto: Luciano Cabal

“Estou feliz demais. Feliz de estar surfando aqui em Saquarema de novo, com esse crowd na praia, bem do jeito brasileiro. Estou amarradão e já ansioso para os próximos rounds”, comemorou Yago que não competiu nas primeiras etapas do CT por conta de uma contusão. Sobre o fato de ter escolhido as esquerdas, quase não surfadas no dia, diz ele: “Acho que a esquerda está com mais potencial de notas e eu investi nisso e deu certo”. Quanto à sua prancha ele afirma que surfou com a sua 6’0″ do dia a dia.

O tricampeão mundial Gabriel Medina estreou na sexta bateria. Medina finalizou, somou apenas 6,40 não conseguiu achar boas ondas e acabou caindo para repescagem. A disputa foi vencida por Connor O´Leary com 10,56, seguido por Ethan Ewing, com 7,47.

A sétima bateria do primeiro round foi disputada entre os Australiano Jackson Baker, 9,87, seguido por Callum Robson, 9,47. A última bateria do dia foi composta por três brasileiros. Miguel Pupo venceu com 13,83, seguido por Caio Ibelli, 8,90, e finalizando em tercerio Jadson André, que atingiu a incrível marca de cem eventos disputados no CT, com uma vitória emblemática em cima de Kelly Slater na final da etapa brasileira, em 2010, em Imbituba, Santa Catarina.

Jackson Baker – Foto: Luciano Cabal

A sétia bateria foi composta por dois australianos e um sul-africano. Jackson Baker da Australia venceu com 9.87, deixando seu conterrâneo Callum Robson ( 9.37) em segundo e Jordy Smith em terceiro com 9.16. Finalizando o dia, um bateria 100% verde-amarela com Miguel Pupo apresentando um surfe sólido. Pupo fez a boa média de 13,83, contra 8,90 do segundo colocado Caio Ibelli e 7,5 de Jadson André.

Baterias da repescagem:

Bateria 1:

Griffin Colapinto

Miguel Tudela

Bateria 2

Caio Ibelli

Jadson Andre

Bateria 3

Kanoa Igarashi

Mateus Herdy

Bateria 4

Jordy Smith

Nat Young

Bateria 5

Jordy Smith

Nat Young

Bateria 6

Kolohe Andino

Samuel Pupo

Bateria 7

Callum Robson

Gabriel Medina

Bateria 8

Matthew McGillivray

Jake Marshall

Resultados feminino:

FEMININA — 1.a=Quartas de Final / 2.a e 3.a=Segunda Fase:

1 – Gabriela Bryan (HAV) – 11,07 pontos

2 – Lakey Peterson (EUA) – 5,97

3 – Brisa Hennessy (CRI) – 5,74.

1 – Tatiana Weston-Webb (BRA) – 10,77

2 – Sol Aguirre (PER) – 9,90

3 – Carissa Moore (HAV) – 1,80

 

1 – Caroline Marks (EUA) – 10,77

2 – Johanne Defay ( 7,77)

3 – Courtney Conlogue (EUA), – 6,70

 

1 – Sally Fitzgibbons (AUS) – 8,24

2 – Isabella Nichols (AUS) – 7,67

3 -Stephanie Gilmore (AUS)

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp




Deixar um comentário

Você vai se interessar também

Todo esporte tem suas paixões e apaixonados. Talvez essa máxima não se aplique seja uma unanimidade, mas escrevo ainda sob efeito de uma, digamos assim, imersão na etapa brasileira do CT, finalizada terça-feira, 28 de junho, em Saquarema.

A segunda etapa do Circuito Profissional da Confederação Brasileira de Surf será disputada entre os dias 4 e 10 de julho na Praia da Vila em Saquarema

Nesta terça-feira 28 de junho foi finalizada a oitava etapa do CT 2022, O Oi Rio Pro 2022 . O atual líder do ranking Filipe Toledo, levou a melhor sobre o também brasileiro Samuel Pupo. Na final Filipe mostrou porquê é o atual número 1 do mundo

O Oi Rio Pro 2022 realizará as semifinais nesta terça-feira 28 de junho. O mar amanheceu liso, com ondas em torno de 1m, séries maiores e boa formação em Itaúna, Saquarema.

A segunda-feira, 27 de junho já entrou para a história do surfe mundial. Com a classificação de quatro surfistas brasileiros para as semifinais, e já temos a certeza de que o título do Oi Rio Pro 2022 ficará no Brasil.

O Oi Rio Pro segue nesta segunda-feira, 27 de junho. As ondas estão com cerca de 1,5m, séries maiores, com formação bastante irregular, porém, algumas séries entram mais limpas.

Nesta segunda-feira, 27 de junho, o mar amanheceu com ondas em torno de 1,5m com séries atingindo 2m, conforme apontavam as previsões. A organização do Oi Rio Pro 2022, decidiu fazer a primeira chamada para o evento às 9h35 por conta da variação de maré.

O fotógrafo Luciano Cabal captou alguns momentos incríveis do surfe de alto nível apresentado pelos atletas do CT durante as baterias realizadas

O domingo ( 26/6) amanheceu com céu nublado, vento sudoeste forte e mar mexido, sem boas ondas na Praia de Itaúna para a continuação do Oi Rio Pro apresentado por Corona em Saquarema. O segundo "day-off" da etapa brasileira do World Surf League (WSL) Championship Tour foi confirmado na primeira chamada do dia e a próxima anunciada para as 7h15 da segunda-feira na Capital Nacional do Surf.

A organização do Oi Rio Pro 2022 decidiu por não realizar o evento neste sábado, 25 de junho. O mar baixou bastante em relação a ontem, e há previsão de que um swell com boa intensidade entre em Itaúna, a partir de amanhã.

Oi Rio Pro 2022 segue com altas ondas, praia cheia e muita ação! Na sequência de disputas realizadas nesta sexta-feira, 24 de junho, foram disputadas as baterias da repescagem masculina. O principal destaque da fase ficou por conta de Caio Ibelli, que conseguiu a primeira nota 10 da competição, e de sua carreira no CT.

O Oi Rio Pro 2022, oitava etapa do CT 2022, realizou as disputas das repescagens da categoria feminino nesta sexta-feira, 24 de junho. O dia amanheceu com a maré cheia, e ondas em torno de 1,5m, séries demoradas, porém, com boas direitas abrindo em direção à laje de Itaúna.

Nesta sexta-feira, 24 de junho, o mar amanheceu com ondas em torno de 1,5 na séries, em Saquarema, Itaúna, onde está sendo disputada o Oi Rio Pro, oitava etapa do CT 2022. As primeiras baterias a entrar na água em Itaúna serão as disputas da repescagem femininas. Na sequência há chances de as baterias da mesma fase, masculino, sejam realizadas.

  O Oi Rio Pro segue com força total nesta quinta-feira, 23 de junho. A competição, válida como sétima etapa do CT

Conforme as previsões apontava, o mar subiu em Itaúna nesta quinta-feira, 23 de junho, primeiro dia de disputas do Oi Rio Pro, sétima etapa do CT 2022.

Como um esquenta para a Oi Rio Pro 2022, Australian Gold, marca de proteção solar e patrocinadora oficial da etapa brasileira da World Surf League, chamou um time de atletas e influenciadores digitais para contar em seus perfis nas redes sociais sobre suas primeiras experiências no surfe.

Oi Rio Pro 2022

Oi Rio Pro 2022: domingo off em Saquarema

O domingo ( 26/6) amanheceu com céu nublado, vento sudoeste forte e mar mexido, sem boas ondas na Praia de Itaúna para a continuação do Oi Rio Pro apresentado por Corona em Saquarema. O segundo “day-off” da etapa brasileira do World Surf League (WSL) Championship Tour foi confirmado na primeira chamada do dia e a próxima anunciada para as 7h15 da segunda-feira na Capital Nacional do Surf.

Leia mais »

Últimas notícias

Todo esporte tem suas paixões e apaixonados. Talvez essa máxima não se aplique seja uma unanimidade, mas escrevo ainda sob efeito de uma, digamos assim, imersão na etapa brasileira do CT, finalizada terça-feira, 28 de junho, em Saquarema.

A segunda etapa do Circuito Profissional da Confederação Brasileira de Surf será disputada entre os dias 4 e 10 de julho na Praia da Vila em Saquarema

Nesta terça-feira 28 de junho foi finalizada a oitava etapa do CT 2022, O Oi Rio Pro 2022 . O atual líder do ranking Filipe Toledo, levou a melhor sobre o também brasileiro Samuel Pupo. Na final Filipe mostrou porquê é o atual número 1 do mundo

O Oi Rio Pro 2022 realizará as semifinais nesta terça-feira 28 de junho. O mar amanheceu liso, com ondas em torno de 1m, séries maiores e boa formação em Itaúna, Saquarema.

A segunda-feira, 27 de junho já entrou para a história do surfe mundial. Com a classificação de quatro surfistas brasileiros para as semifinais, e já temos a certeza de que o título do Oi Rio Pro 2022 ficará no Brasil.

O Oi Rio Pro segue nesta segunda-feira, 27 de junho. As ondas estão com cerca de 1,5m, séries maiores, com formação bastante irregular, porém, algumas séries entram mais limpas.

Nesta segunda-feira, 27 de junho, o mar amanheceu com ondas em torno de 1,5m com séries atingindo 2m, conforme apontavam as previsões. A organização do Oi Rio Pro 2022, decidiu fazer a primeira chamada para o evento às 9h35 por conta da variação de maré.

O fotógrafo Luciano Cabal captou alguns momentos incríveis do surfe de alto nível apresentado pelos atletas do CT durante as baterias realizadas

O domingo ( 26/6) amanheceu com céu nublado, vento sudoeste forte e mar mexido, sem boas ondas na Praia de Itaúna para a continuação do Oi Rio Pro apresentado por Corona em Saquarema. O segundo "day-off" da etapa brasileira do World Surf League (WSL) Championship Tour foi confirmado na primeira chamada do dia e a próxima anunciada para as 7h15 da segunda-feira na Capital Nacional do Surf.

A organização do Oi Rio Pro 2022 decidiu por não realizar o evento neste sábado, 25 de junho. O mar baixou bastante em relação a ontem, e há previsão de que um swell com boa intensidade entre em Itaúna, a partir de amanhã.

Oi Rio Pro 2022 segue com altas ondas, praia cheia e muita ação! Na sequência de disputas realizadas nesta sexta-feira, 24 de junho, foram disputadas as baterias da repescagem masculina. O principal destaque da fase ficou por conta de Caio Ibelli, que conseguiu a primeira nota 10 da competição, e de sua carreira no CT.

O Oi Rio Pro 2022, oitava etapa do CT 2022, realizou as disputas das repescagens da categoria feminino nesta sexta-feira, 24 de junho. O dia amanheceu com a maré cheia, e ondas em torno de 1,5m, séries demoradas, porém, com boas direitas abrindo em direção à laje de Itaúna.

Nesta sexta-feira, 24 de junho, o mar amanheceu com ondas em torno de 1,5 na séries, em Saquarema, Itaúna, onde está sendo disputada o Oi Rio Pro, oitava etapa do CT 2022. As primeiras baterias a entrar na água em Itaúna serão as disputas da repescagem femininas. Na sequência há chances de as baterias da mesma fase, masculino, sejam realizadas.

  O Oi Rio Pro segue com força total nesta quinta-feira, 23 de junho. A competição, válida como sétima etapa do CT

Conforme as previsões apontava, o mar subiu em Itaúna nesta quinta-feira, 23 de junho, primeiro dia de disputas do Oi Rio Pro, sétima etapa do CT 2022.

Como um esquenta para a Oi Rio Pro 2022, Australian Gold, marca de proteção solar e patrocinadora oficial da etapa brasileira da World Surf League, chamou um time de atletas e influenciadores digitais para contar em seus perfis nas redes sociais sobre suas primeiras experiências no surfe.

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Agende sua aula